Clínica Médica: o papel do Médico Internista e da Enfermagem Clínica

clinica medica medico examinando

O papel dos profissionais da saúde sempre foi importante no dia a dia. Mas, em meio a maior crise da saúde mundial com a pandemia do novo coronavírus, a clínica médica ganhou ainda mais destaque, bem como é de caráter indispensável na sociedade.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), saúde não é apenas a ausência da doença, mas o completo bem-estar físico, mental e espiritual.

No blog de hoje vamos explicar sobre clínica médica, o papel do médico internista e da enfermagem clínica.

Você já tem ideia o que é cada ocupação da área da saúde?

Acompanhe logo abaixo para entender melhor sobre o assunto.

O que é a Clínica Médica?

clinica medica pressao

A clínica médica também pode ser considerada como medicina interna. É uma especialidade responsável pelo atendimento de todas as doenças não cirúrgicas em um adulto.

Essa área é considerada uma das mais importantes da medicina, pois compreende várias questões de saúde e engloba conteúdo das diversas especialidades clínicas, bem como as mais básicas.

A atuação da clínica médica acontece, principalmente, em um ambiente hospitalar, ou seja, em um hospital, seja público ou privado. Mas, também pode ser em unidades de pronto atendimento, postos de saúde e em clínicas particulares.

O médico clínico é o responsável também por investigar as possíveis causas dos sintomas de doenças, e após os resultados, esse profissional encaminha o paciente para um médico especialista do assunto.

Histórico da Clínica Médica

De acordo com dados da área, a clínica médica foi fundada na Ilha de Kós, na Grécia, há 2.500 anos, quando o médico grego, Hipócrates (460 a.C.-377 a.C.), fez a primeira entrevista com um paciente.

À época, Hipócrates, que também foi filósofo, introduziu a anamnese, que é uma entrevista conduzida pelo médico como fase inicial para o exame médico.

O objetivo era identificar os sintomas do paciente, chegar ao diagnóstico de uma possível doença, e por fim, encaminhar ao tratamento, caso fosse necessário.

Foi a partir desse primeiro atendimento ao paciente que surgiu a clínica médica, com a iniciativa do grego Hipócrates, que é considerado o ‘pai’ da medicina na Antiguidade.

Assim com ele nasceu a observação clínica.

Para que serve a Clínica Médica?

clinica medica consulta generalista

De certo modo, a clínica médica é considerada uma das áreas bases da medicina, justamente por ter a atuação de várias especialidades clínicas.

Ela serve para entender os sintomas do paciente, fazer o diagnóstico do quadro, e encaminhar ao tratamento clínico das patologias em adultos, que não necessitam de intervenções cirúrgicas.

Nessa especialidade podemos destacar a atenção primária e atenção básica ao paciente, ou seja, centralizada no nível ambulatorial.

Além disso, também auxilia nas ações preventivas individuais, quando os médicos orientam sobre as medidas saudáveis, e também solicitam aos pacientes os exames preventivos (check up).

Importância da Clínica Médica para a saúde pública

A saúde pública tem o objetivo de garantir o bem-estar físico, mental e social da população, sendo que, todas as medidas devem ser executadas pelo Estado e até mesmo pelo país.

Prevista na Constituição Federal como dever do Estado, no Brasil, a saúde pública é considerada como um direito social que deve ser garantido para todas as pessoas, a fim de assegurar o exercício de direitos fundamentais.

Já no nível internacional, a saúde pública é coordenada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que consiste em uma agência especializada da Organização das Nações Unidas (ONU).

Essas organizações atuam com os governos de vários países para aprimorar ainda mais a prevenção e o tratamento de doenças do mundo, principalmente, na saúde pública.

Nesse cenário, a Constituição Federal atribuiu à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos municípios a competência de cuidar da saúde pública.

Quando citamos a importância da clínica médica para a saúde pública, pontuamos que esse médico deve atuar também com visão de gestor. Pois, ele precisa avaliar a necessidade de um paciente fazer um procedimento ou até mesmo o tempo de internação.

Quando uma pessoa é internada em hospitais públicos, esse tempo de internação implica em custos elevados.

Além disso, o médico clínico pode liderar uma equipe multidisciplinar de profissionais de saúde, bem como ter humanização em cada atendimento. Ou seja, realizar consultas com cuidado, para promover o melhor para a saúde do paciente, e até mesmo oferecer um bom tratamento.

Por fim, o médico clínico deve ter conhecimento para não encaminhar problemas simples para as outras especialidades, assim, evitar a realização de exames desnecessários.

Quais são os profissionais aptos a atuarem na Clínica Médica?

clinica medica receita

Aqui vamos falar sobre os profissionais que podem atuar na clínica médica, principalmente, os médicos.

Falando nisso, você sabe quantos médicos têm no Brasil, e quantos atuam na clínica médica?

Segundo o último levantamento do ano passado, da Demografia Médica Brasileira, são 500 mil médicos no país. Esse dado é da maior densidade de médicos já registrados nos últimos anos.

Em relação à idade, o estudo mostra que nos grupos mais jovens, no ano passado, as mulheres eram maioria. Elas representam 58,5% entre os médicos até 29 anos. De 30 a 34 anos, as médicas são 55,3%. Entre 35 e 39 anos, elas são 49,7%.

O motivo desse aumento está relacionado ao número maior de vagas faculdades de medicina, e à abertura de novos cursos da área.

Já na clínica médica, ao todo, são 11,3% de especialistas no Brasil. O levantamento também destaca que o número de mulheres nessa área é maior do que homens. Elas representam 53% do setor.

Médico especialista em Clínica Médica (internista)

O profissional especialista da área é o médico internista. Ele é responsável pelo atendimento imediato ao paciente, que pode ser atendido em um ambiente hospitalar.

Desde 2002, é obrigatório a residência em clínica médica. É um pré-requisito para que o profissional faça também a residência em outras especialidades médicas.

O médico internista é aquele que dá uma atenção mais completa ao paciente, desde o primeiro atendimento com as questões básicas da saúde até o monitoramento da situação da pessoa.

Porém, é necessário que esse médico internista solicite alguns exames preventivos, até mesmo para que ele consiga fazer um diagnóstico correto da saúde do paciente.

Ou seja, esse médico é um especialista com conhecimento na saúde do adulto.

O papel da enfermagem na Clínica Médica (Enfermagem Clínica)

O papel da enfermagem na clínica médica também é de extrema importância. Mas, antes, vamos entender um pouco qual é a função desse profissional.

O enfermeiro (a) acompanha e cuida de pacientes e tem como objetivo promover a saúde das pessoas, por meio de cuidados relativos à alimentação, higiene, administração de medicamentos, realização de curativos, entre outras atividades.

Ele presta todo tipo de assistência ao doente e garante a aplicação correta do tratamento médico.

Geralmente, é o enfermeiro (a) quem presta os primeiros socorros aos pacientes e auxilia os médicos em diversas ações.

Na clínica médica, esse profissional desempenha funções variadas. Uma delas é preservar o bem-estar e recuperar o melhor estado de saúde do paciente, seja física, mental ou emocional.

O foco do enfermeiro (a) também é estimular e capacitar o paciente para o autocuidado, visando à recuperação total da pessoa. Lembrando que cada indivíduo tem sua peculiaridade.

Na enfermagem clínica, é preciso que esse profissional conheça e entenda os sintomas do paciente. Para assim, agir com os cuidados para atender as necessidades básicas do doente.

É preciso ter sensibilidade para ‘cuidar’ de cada paciente com ética e com respeito. Destacamos também que esse profissional pode atuar em todos os níveis de prevenção, e é um agente importante da saúde.

Quando essa especialidade é procurada pelo paciente?

clinica medica avaliacao

O paciente deve procurar o especialista em clínica médica sempre que notar o surgimento de algum sintoma fora do normal, ou sinais de uma possível doença, ou indícios de um problema de saúde.

A atuação desse médico é de extrema importância, pois ele faz o acompanhamento do paciente durante toda a sua vida, com avaliações constantes e orientações sobre condutas e medicamentos.

Por isso, ele é apto a diagnosticar e prescrever tratamentos aos pacientes, bem como pode prevenir problemas futuros na saúde.

Destacamos também que, para um paciente que apresenta patologias múltiplas ou de difícil diagnóstico, esta é a especialidade médica mais adequada. Sabe por que?

Esse médico tem uma visão bastante abrangente do quadro do paciente, o que assegura a integração dos cuidados, recorrendo, assim quando necessário, à opinião de especialistas de outras áreas.

Como funciona uma consulta de Clínica Médica?

Como já falamos por aqui, a clínica médica é responsável por diagnosticar e também tratar quadros sintomáticos em adultos, sem intervenção cirúrgica.

Para entender melhor, apresentamos as atividades que o médico clínico pode desempenhar durante uma consulta. Veja abaixo:

  •   Estudo e orientação inicial dos pacientes;
  •   Coordenação de exames de saúde regularmente;
  •   Diagnóstico e tratamento das doenças de adultos;
  •   Acompanhamento e tratamento do doente crônico;
  •  Orientação de pacientes que apresentam quadros complexos, com patologias raras e múltiplas, e, caso seja necessário, conta com a participação de outros especialistas;
  •   Integração de dados clínicos e exames complementares.

É bacana criar um relacionamento com o clínico geral, pois ele permite um diagnóstico em profundidade. Assim, com todos os fatores, ele irá saber ao longo dos anos a situação do paciente, e como poderá se agravar ou não.

Destacamos que manter a consulta em dia é fundamental, e para o bem de todas as pessoas.

Principais problemas diagnosticados por médico internista

Já ficou claro a importância do médico internista, não é mesmo?

Esse especialista também consegue diagnosticar os principais problemas do paciente, como:

  • Obesidade leve a moderada;
  • Hipertensão Arterial;
  • Diabetes;
  • Investigação e tratamento de doenças cardiológicas leves;
  • Osteoporose;
  • Dislipidemia (colesterol alto);
  • Gastrite;
  • Doença do Refluxo Gastroesofágico;
  • Infecções Intestinais;
  • Infecções Urinárias;
  • Infecções de Pele e Micoses;
  • Infecções pulmonares;
  • Infecções de orofaringe;
  • Cefaléia (dor de cabeça);
  • Hipo e Hipertireoidismo;
  • Depressão;
  • Transtornos de Ansiedade;
  • Anemias;
  • Alergias;

Entres outros problemas ou doenças.

Importância da Clínica Médica na infância

clinica medica crianca

Geralmente, um médico clínico ‘para crianças’ atua em situações de emergência, principalmente, em pronto socorros, unidades de saúde e em hospitais, sejam públicos ou privados.

Ou seja, quando acontece alguma situação de emergência, o médico de plantão é o internista, responsável pelo atendimento imediato ao paciente.

No entanto, nos primeiros 12 meses é recomendado que crianças sejam acompanhadas por médicos pediatras.

Os profissionais afirmam que as consultas para crianças até um ano de idade devem ser realizadas mensalmente. Já a partir do segundo ano de vida, a visita pode ser feita a cada três meses e, dos dois aos seis anos, a consulta deve acontecer semestralmente.

Para o Conselho de Prática Pediátrica, o acompanhamento pode ser feito até os 21 anos. Entretanto, entidades estabeleceram outros limites, como a Organização Mundial de Saúde (OMS), que considera adolescente qualquer indivíduo a partir dos 10 anos até 20 anos incompletos.

Fato é que não existe um limite de idade exato para levar uma criança ou adolescente ao médico.

Mas é importante destacar que, quando o paciente já estiver crescido, ele deve procurar um clínico geral, para dar continuidade aos cuidados com a saúde. Após as avaliações, caso seja necessário, esse médico encaminhará o paciente para um especialista.

Outro ponto que destacamos é que, independentemente da idade, a família ou o paciente deve ter um médico de referência.

Devido às responsabilidades e autonomia para o cuidado pessoal, é por volta dos 18 anos, quando a maior parte dos pacientes acaba sendo orientada a buscar um clínico geral. Nesse caso, o profissional conhece o histórico da pessoa, solicita exame e pode realizar diagnósticos mais apurados.

Lembramos que visitar o profissional de saúde com regularidade é fundamental, sejam crianças, adolescentes, adultos ou idosos, para manter a saúde sempre em dia.

Importância da Clínica Médica na terceira idade

clinica medica idoso

na terceira idade, a visita ao médico clínico deve ser mais constante, justamente, pela idade do paciente.

Como dissemos, o clínico geral tem acesso ao histórico médico de seus pacientes. Ele sabe e entende quais são as doenças, a causa delas e até mesmo os fatores psicológicos e sociais que podem agravá-las no futuro.

Dessa forma, esse médico transmite, com certeza, mais confiança e segurança aos pacientes, principalmente, quando eles chegam na terceira idade.

Como o especialista atua também em ações preventivas, a importância de estar com a consulta em dia, na terceira idade, é bastante importante.

Esse profissional vai solicitar um check-up anual, oferecer orientações para contribuir com o bem-estar do paciente, além de monitorar a saúde dos atendidos, nesse caso, aqueles com mais de 60 anos.

Como é o mercado de trabalho da Clínica Médica?

Para atuar como médico clínico geral, primeiro, o estudante deve passar pela graduação em Medicina, em um curso reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Isso leva, em geral, seis anos.

Após os conhecimentos aprofundados da rotina de trabalho de um médico, o recém-formado deve fazer a residência em Clínica Médica, também conhecida como medicina interna.

Esse processo leva, em média, dois anos. Com a conclusão da residência, o profissional deve fazer o registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) para, então, ter a oportunidade de atuar na sua área como médico.

Segundo a Sociedade Brasileira de Clínica Médica, aproximadamente 35 mil médicos clínicos estão registrados.

Atualmente, o clínico é o profissional com maior campo de trabalho. O motivo: ele é habilitado a atender pacientes adultos com várias doenças, que não tenham ação cirúrgica.

As oportunidades são diversas. Ele pode atuar tanto na área pública como também em instituições particulares. O trabalho, geralmente, também acontece com plantões e em consultas diárias.

É a especialidade com mais vagas em concursos públicos, já que suas ações podem ser em vários setores dos serviços de saúde, como na Polícia Militar, no Corpo de Bombeiros, e nas Forças Armadas.

Remuneração média dos profissionais especialistas nessa área

A média da remuneração de médico clínico inicia com R$ 7.924,00. Mas, o profissional pode ganhar até R$ 13.720,00. Entretanto, a média salarial para médico clínico geral, no Brasil, é de R$ 10.597,00, segundo o site Vagas.

Conclusão

clinica medica consulta

Chegamos ao final de mais um tema. Aprendemos que o papel do médico internista é diagnosticar problemas de saúde de adultos, bem como tratar várias doenças e encaminhar o paciente, caso seja necessário, a um especialista.

Esse profissional acompanha um paciente por bastante tempo ao longo da vida. Por isso, ele deve ter sensibilidade e conhecimento para lidar com os casos dos doentes.

O especialista da clínica médica pode atuar em hospitais e em consultórios, bem como fazer atendimentos de urgência, solicitar exames de prevenção, examinar e fazer o diagnóstico.

Por fim, trazemos uma curiosidade para você. Segundo a Sociedade Brasileira de Clínica Médica (SBCM), esse médico pode diagnosticar e tratar 80% dos problemas de saúde.

Os médicos e enfermeiros dessa área se destacam pela boa medicina e respeito aos direitos do paciente. Eles oferecem, sempre, o bem-estar do paciente.

Cuidar da saúde é fundamental. Continue nos acompanhando para conhecer mais sobre a área médica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *