Endocrinologia e metabologia: o que é, para que serve, o que trata

endocrinologia e metabologia medico examinando paciente
Compartilhe:

Os hormônios estão em atividade em todo o nosso corpo. Por esta razão, ao sinal de quaisquer alterações que possam vir a prejudicar a sua qualidade de vida, é necessário consultar um médico especialista em endocrinologia e metabologia.

Entre alguns sintomas que podem indicar que o seu corpo não está bem, podemos citar: queda constante de cabelo, oscilações de peso, alterações ósseas, perda ou diminuição da libido ou disposição e, no caso das mulheres, alterações no ciclo menstrual, entre outros sinais, que podem ou não ter causas hormonais.

Está apresentando algum destes sintomas? Não sabe a quem pedir ajuda? Calma que podemos te auxiliar nesta busca.

Ao sinal de qualquer alteração hormonal e/ou metabólica, o mais indicado é buscar por um endocrinologista ou especialista em metabologia.

Por isso, destacamos alguns pontos importantes sobre estas áreas, não só para quem busca por ajuda com problemas hormonais e perda de peso, mas também para aqueles que desejam seguir carreira como endocrinologista ou na área de metabologia.

Através deste post você encontra informações como sobre o que é estas áreas, para que servem e quais as suas relações e diferenças, como é a consulta com este especialista, como é o mercado e quantos estão registrados nele hoje, quanto recebem, entre outros aspectos.

O que é endocrinologia e metabologia?

endocrinologia e metabologia ultrassom

O nome endocrinologia tem origem do grego e significa justamente “secreção interna”, já fazendo referência aos hormônios.

Sendo assim, a endocrinologia é uma área da saúde que cuida do sistema endócrino, composto pelas glândulas que secretam os hormônios.

É este especialista que fará o diagnóstico e acompanhará toda a evolução do tratamento,  de qualquer disfunção ou doença que envolva estes sistemas.

Vale ressaltar que estas glândulas que secretam estes hormônios são divididas em dois grupos, das quais, temos as glândulas endócrinas e as glândulas exócrinas, e ambas possuem diferenças.

As glândulas endócrinas são responsáveis por secretar os hormônios na corrente sanguínea, garantindo que elas cheguem ao órgão ou local de sua função.

A exemplo destas glândulas temos:  a tireóide, as adrenais, ovários, testículos, hipófise, hipotálamo, paratireóide e pâncreas.

Já as glândulas exócrinas tem como objetivo secretar tais substâncias na superfície livre do corpo. Assim, elas acabam sendo direcionadas  para os órgãos, não caindo diretamente na corrente sanguínea.

Como exemplos podemos citar as salivares, as lacrimais, as sebáceas e as mamárias.

Em contrapartida, mas fazendo relação com a endocrinologia, a área metabólica estuda o conjunto de mecanismos químicos que o organismo necessita para sua formação.

E é aí que ela se integra com a endocrinologia, buscando melhorar a condição de vida dos pacientes e focando em alterações do corpo, cuidando para que as doenças não se manifestem.

Eis que surge então a endocrinologia e metabologia.

Para que serve o estudo da endocrinologia e metabologia?

endocrinologia e metabologia medico paciente

A metabologia, segundo o Dicionário, refere-se a uma área da medicina que trata de problemas relativos ao metabolismo.

Ou seja, é a área que estuda o metabolismo humano, sempre verificando como acontecem as transformações do organismo ao longo dos anos.

Dessa maneira, ela pode atuar na tentativa de sanar possíveis problemas que no futuro podem se transformar em doenças e prejudicar a vida do paciente. Além disso, ela estuda a energia de determinados alimentos e como esta energia impacta em nosso corpo.

Assim, a endocrinologia e metabologia podem agir juntas com o objetivo de fazer as pessoas terem uma melhor qualidade de vida e uma vida mais longa, através de mudanças simples na rotina.

Não é de hoje que as medicinas preventivas são destaque, visando o futuro de todos nós. Isso porque, elas têm a oportunidade de nos garantir uma vida melhor e extensa.

É fato que diagnosticar doenças precocemente aumenta as possibilidades de cura e os trabalhos são menos invasivos e nocivos ao organismo da pessoa.

Dito isto, os profissionais desta área podem e devem alinhar processos em busca de equilibrar o metabolismo em geral, auxiliando na endocrinologia e metabologia.

O que faz o médico endocrinologista e metabologista?

endocrinologia e metabologia medico mao garganta

O médico especializado em endocrinologia e metabologia fica responsável pela análise das glândulas endócrinas e tratamentos de doenças relacionadas ao sistema endócrino, tais como: problemas na tireóide e de crescimento, por exemplo.

A metabologia tem como foco principal as funções que envolvem o metabolismo, ou seja, as transformações que resultam em energia para o funcionamento adequado de órgãos – a regulação do peso, renovação de células e tratamento para as funções reprodutivas sexuais, por exemplo.

Como especialista no sistema endócrino, o médico endocrinologista realiza o diagnóstico e tratamento de doenças relacionadas aos hormônios.

E, para isso, solicita exames clínicos e laboratoriais, analisa exames que já tenham sido feitos pelo paciente e tenta compreender com clareza o histórico de cada um deles, para só assim, poder indicar o melhor tratamento.

Se necessário, atua em conjunto com outras áreas para se certificar do diagnóstico (cardiologia, dermatologia e ginecologia são uma delas).

O endocrinologista também é procurado em casos de pacientes que buscam emagrecer ou mesmo suplementação alimentar para prática esportes ou outras atividades físicas.

Visto isso, cabe ao especialista identificar o funcionamento das glândulas dos pacientes e as taxas de hormônios presentes no organismo, com o intuito de prescrever o melhor tratamento e passar as melhores orientações sobre a reposição hormonal, no caso.

No entanto, esta especialidade tem um dia a dia, considerado até mesmo entediante, já trata-se de uma especialidade eminentemente ambulatorial, tendo poucas urgências e eventuais internações para acompanhamento dos pacientes que evoluem com alguma descompensação clínica.

Quais os campos de atuação do médico endocrinologista?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, os endocrinologistas possuem  um campo vasto de atuação, onde podemos incluir doenças da tireoide, andropausa, reposição hormonal na menopausa, distúrbios do crescimento e da puberdade, diabetes, osteoporose, distúrbios da menstruação, obesidade, colesterol e triglicerídeos, doenças da glândula supra-renal, dentre outras.

Por ter ampla atuação e grande importância na qualidade de vida das pessoas, este especialista é extremamente apegado aos detalhes, analisando tudo que o paciente relata e mostra durante as consultas.

Quais são as doenças endócrinas?

A consulta com um especialista em endocrinologia e metabologia é necessária quando alguns sintomas surgem e apontam distúrbios hormonais.

Esse é o caso do cansaço e/ou sede excessivo, pelos excessivos em mulheres, problemas com peso, alterações no ciclo menstrual, puberdade precoce ou retardada, sintomas de andropausa ou menopausa, crescimento da tireóide, entre outros.

Isso porque, alguns destes sintomas podem estar associados com problemas como obesidade, tumores, osteoporose, hipotireoidismo e/ou hipertireoidismo, diabetes, síndrome do ovário policístico e hipoglicemia.

Sendo assim, as principais doenças endócrinas tratadas são:

  • Diabetes;
  • Disfunções na tireoide (hipotireoidismo,  hipertireoidismo, os nódulos e o câncer de tireóide;
  • Osteoporose e a deficiência da vitamina D;
  • Obesidade e dislipidemias (aumento do colesterol ou triglicerídeos);
  • Síndrome de Cushing;
  • Alterações de crescimento e puberdade em crianças e adolescentes;
  • Os transtornos na produção dos hormônios sexuais masculino (testosterona) e feminino (estradiol);
  • A puberdade retardada (quando o desenvolvimento sexual não ocorre até 14 anos nas meninas e 15 anos nos meninos);
  • Infertilidade, entre outros;

O que são as doenças metabólicas?

O metabolismo refere-se  ao conjunto de reações  e processos que o seu corpo executa para seguir em funcionamento.

Sendo assim, as doenças metabólicas são aquelas relacionadas a mudanças inadequadas nessas reações, como excesso de determinada substância no corpo ou alterações no funcionamento de alguns órgãos.

Há alguns hábitos e condições que podem aumentar as chances de ocorrência de problemas metabólicos, como insuficiência renal crônica, apneia obstrutiva do sono e até mesmo câncer e acidente vascular cerebral (AVC).

Alguns dos principais são: hipertensão/pressão alta, sobrepeso, tabagismo, hiperglicemia (excesso de açúcar no sangue), histórico de diabetes na família, idade acima de 40 anos, exposição a substâncias nocivas e insônia.

Quais exames o endocrinologista passa?

Geralmente, este profissional costuma entender a necessidade de cada paciente durante as consultas, para passar os exames mais adequados.

Entre os exames mais solicitados por este profissional, temos:  exames básicos hormonais, como funcionamento de tireoide, glicemia e colesterol e exames glandulares específicos, como ultrassom de tireoide, tomografia de suprarrenais ou ressonância de hipófise.

Quando procurar um médico endocrinologista?

endocrinologia e metabologia medica tablet

É indicado que se consulte um endocrinologista em suspeitas de doenças endócrinas. Alguns sintomas comuns podem indicar a presença de alterações e estar relacionados a essas doenças.

O surgimento de nódulos na região do pescoço e alterações de peso podem indicar problemas na tireóide (hipotireoidismo e hipertireoidismo) e necessitam de uma investigação detalhada.

Cansaço excessivo, disfunção sexual, excesso de pelos e oleosidade também são sintomas que podem indicar problemas hormonais.

Por isso, é preciso muita atenção ao aparecimento desses e outros sintomas, quando combinados, e buscar orientação e avaliação médica.

No entanto, vale destacar que o endocrinologista pode ser consultado em diversas fases da vida e não necessariamente com o acometimento por alguma doença.

Como dito anteriormente, este profissional pode ser procurado em casos de pacientes que buscam emagrecer ou mesmo suplementação alimentar para prática atividades físicas, por exemplo.

O que dizer em uma consulta com endocrinologista?

O endocrinologista vai buscar tudo que estiver ao seu alcance para identificar os sintomas, possíveis causas e indicar o melhor tratamento.

Por este motivo, não esqueça de levar ao consultório todos os exames que já realizou recentemente, inclusive os de imagem da glândula mais antigos, se houver.

Não sinta vergonha ou receio de relatar todos os sintomas que vem sentido, bem como as alterações que está sofrendo em seu corpo.

Vale ressaltar que todas as dúvidas do paciente ou de seu familiar devem ser tiradas no momento da consulta para que o tratamento não seja prejudicado.

Como a endocrinologia e metabologia ajudam em estratégias para emagrecer?

endocrinologia e metabologia medica examinando paciente

Sabemos que a endocrinologia e metabologia é especialista em cuidar do funcionamento de glândulas responsáveis pela produção e excreção de hormônios no organismo.

Com isso, os endócrinos executam um papel indispensável no tratamento de diversas doenças  – diabetes, colesterol alto, osteoporose entre outras.

Apesar de ser uma área essencial que busca zelar pelo nosso bem-estar, muitas pessoas ainda não acreditam que esta especialidade seja responsável também no tratamento de obesidade, auxiliando aqueles que lutam contra a balança.

Mas, isso é fato, visto que este profissional busca garantir o funcionamento correto do corpo, atuando no tratamento de problemas que envolvem a reprodução, crescimento, desenvolvimento e metabolismo.

Como problemas com peso podem estar ligados a problemas hormonais, além do metabolismo, tanto a endocrinologia quanto à metabólica podem ajudar no tratamento, analisando atentamente cada paciente e buscando uma melhor condição de vida.

Não podemos deixar de ressaltar que o processo de perda de peso vem acompanhado de uma mudança significativa na rotina, como deixar o sedentarismo de lado e praticar exercícios, fazer uma dieta equilibrada e saudável, beber água corretamente e dormir bem à noite, são algumas das dicas para aumentar o seu metabolismo.

Como é o mercado de trabalho dos especialistas em endocrinologia e metabologia?

endocrinologia e metabologia consulta medica

Assim como qualquer outra área médica, para se tornar um endocrinologista é preciso muita dedicação e estudo.

Isso porque, após o término da faculdade de Medicina, o estudante que deseja seguir carreira nesta área precisa cursar especialização, que tem duração de cerca de dois anos. Fora isso, é necessário que ele faça residência médica para, enfim, se tornar um endócrino.

As opções de atuação no mercado são amplas e o salário dependerá da escolha do médico. Porém, a média brasileira de remuneração destes profissionais gira em torno de mais de R$ 8.000,00, considerando 25 horas semanais de trabalho, com exclusão de plantões e outras fontes de renda.

É importante destacar que um endocrinologista experiente e que possui um consultório próprio, cobrindo particular,  pode chegar a faturar mais de R$ 20.000 por mês. Sendo assim, tudo vai depender do que você quer.

Número de especialistas registrados no Brasil

De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, até o momento, temos cerca de 4.300 endocrinologistas registrados na Sociedade.

Levando uma melhor qualidade de vida para pacientes de todo o país, em consultórios, ambulatórios, clínicas gerais e até ajudando novos médicos em suas formações nas  universidades.

Onde o endocrinologista pode atuar?

O endocrinologista tem um amplo leque de atuação, e como já citamos, sua remuneração também dependerá desta escolha.

Este especialista pode atuar em:

  • Atendimento em ambulatório e consultório;
  • Docência e pesquisa acadêmica (dando aulas para graduação e pós graduação, por exemplo);
  • Plantões como clínico geral;
  • Médico responsável pelo setor de provas funcionais em laboratórios de análises clínicas.

Fora isso, este profissional pode atuar por conta própria, abrindo seu consultório.

Especialidades correlacionadas

Como busca uma melhor condição de vida para os pacientes, os endócrinos interagem com diversas outras áreas médicas.

Podemos destacar entre as principais: a ginecologia e obstetrícia, dermatologia, além da gastroenterologia, neurologia, reumatologia e cardiologia.

Áreas responsáveis pelo bom funcionamento do corpo, da mente, da pele e de órgãos internos como o coração. Indispensáveis para o nosso bem-estar e qualidade de vida.

Conclusão

endocrinologia e metabologia consulta casal

Destaca-se que enquanto a endocrinologia trata as disfunções de secreções e hormônios, o profissional de metabologia verifica as reações químicas que o organismo necessita para seu melhor funcionamento.

Ambas as áreas, endocrinologia e metabologia, possuem doenças específicas a serem tratadas.

Na endocrinologia temos como exemplo: diabetes, disfunções na tireoide (hipotireoidismo,  hipertireoidismo, os nódulos e o câncer de tireóide), osteoporose e a deficiência da vitamina D, dentre outras.

Já na metabologia as doenças são aquelas relacionadas a mudanças inadequadas nessas reações químicas que o organismo necessita para funcionar, como excesso de determinada substância no corpo ou alterações no funcionamento de alguns órgãos.

Além disso, há alguns hábitos e condições que podem aumentar as chances de ocorrência de problemas metabólicos, como insuficiência renal crônica, apnéia obstrutiva do sono e até mesmo câncer e acidente vascular cerebral (AVC).

Alguns dos principais são: hipertensão/pressão alta, sobrepeso, tabagismo, diabetes na família, idade acima de 40 anos, exposição a substâncias nocivas e insônia, entre outros.

No entanto, as áreas se relacionam e podem atuar juntas visando uma melhor qualidade de vida ao paciente, com mudanças na rotina simples na rotina, que podem auxiliar na perda de peso, inclusive.

Estes pilares em ambos segmentos são essenciais para quem busca uma boa vida e longevidade.

Além de se relacionar com a metabologia, outras áreas podem estar correlacionados com cardiologia e ginecologia, por exemplo. Visto que este profissional é extremamente detalhista e avalia todas as questões de seus pacientes nas consultas.

Não deixamos de ressaltar que estas áreas podem auxiliar na perda de peso, visto que alterações no peso estão ligadas ao metabolismo e podem estar associadas também aos hormônios.

Ressaltamos o que dizer em uma consulta com o endócrino e quais exames este profissional costuma solicitar, entre outros pontos que te ajudarão na busca por uma melhor qualidade de vida.

Fora isso, para aqueles que desejam seguir esta carreira, ficou mais que óbvio que ela é promissora.

Porém, como qualquer área médica, a dedicação e os estudos são primordiais para a formação de um bom endócrino.

Se interessou por esta ou outra área médica? Acesse nosso site e saiba mais sobre estes profissionais que salvam vidas.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

medico sinaxys

Encontre vagas de emprego na área da saúde.