Pediatria: Carreira, Formação e Salário [Atualizado 2022]

pediatria medico e menina
Compartilhe:

Se tem uma coisa que muitos pais concordam é que cuidar de criança e adolescente não é uma tarefa fácil. Pior ainda em tempos tecnológicos onde os problemas nestas faixas etárias pioraram. E a pediatra atua com este público.

Essa especialidade se tornou popular  lá no século XIX, com o Rio de Janeiro sendo pioneiro na especialização na Policlínica Geral do Rio.

Antes disso, não havia profissionais capacitados para cuidar exclusivamente de crianças e adolescentes, mesmo estes sendo vulneráveis a muitas enfermidades.

Claro que não demorou muito para a pediatria ser reconhecida e se tornar mais do que uma especialidade médica. Ela se tornou uma área que auxilia as famílias no processo de construção da saúde infantil, considerando os mais variados pacientes com seus diferentes tipos de problemas.

Dito isto, é fato que estamos falando de uma área complexa, então bora conhecer mais sobre pediatria? Uma especialidade perfeita para quem quer envolver sua capacitação com amor e empatia.

O que é a Pediatria?

pediatria medico conversando com menina

Para início de conversa, é importante entendermos o que é a pediatra e, como já introduzimos neste texto, é uma área da Medicina que atua com os mais variados problemas de crianças e adolescentes.

Ou seja, ela trata de características da primeira infância e adolescência com todo o cuidado, afinal, cada caixa etária tem suas doenças prevalentes e necessita de cuidados específicos – exigindo muito conhecimento e empatia por parte do profissional.

Estamos falando de uma área muito disputada no meio médico e que é cheia de desafios no dia a dia. Isso porque, além do tratamento das enfermidades diversas, o especialista em pediatria tem que ser capaz de orientar a família do paciente em relação às ações preventivas e curativas.

Tais orientações passadas vão desde a amamentação de recém-nascidos, a alimentação, vacinas e até a indicação de outros especialistas como oftalmologistas e ortopedistas, se o profissional julgar necessário no caso, em busca de restabelecer a saúde do paciente.

– Qual a diferença entre Pediatria e Neonatologia?

pediatria medica e bebe

Para resumir bem, pediatria você já entendeu que é a área dedicada à assistência de crianças e adolescentes, em seus mais diversos aspectos (preventivos ou curativos).

Enquanto que a Neonatologia é a área da Medicina dedicada a um público mais específico – no caso os recém-nascidos.  Ou seja, esta área da Medicina diagnostica e trata doenças e dá todo o suporte no cuidado de recém-nascidos e bebês prematuros.

Vamos falar mais sobre a função da pediatria abaixo, para que você entenda melhor e identifique se esta é a sua área. Combinado? Siga lendo!

Qual a função da Pediatria?

Muitos pediatras não consideram a área da pediatria apenas uma especialidade, mas um grande desafio. Isso porque, este profissional lida com os mais variados problemas e pessoas em sua rotina.

O pediatra é a pessoa que você pode contar em todas as etapas de crescimento do seu filho ou filha. Isso porque é função dele cuidar de todo e qualquer processo, inicial ou não – seja de diagnóstico ou de condutas – que envolvam a saúde de bebês, crianças e adolescentes.

Tudo isso, buscando a melhor forma de tratar o pequeno paciente e orientar seus responsáveis.

Para ser ainda mais claro, o pediatra é como se fosse um “clínico médico infantil” que faz o acompanhamento do paciente desde recém-nascido até a sua adolescência, criando vínculos emocionais com ele e sua família, consequentemente. Sendo esta a maior recompensa para muitos dos profissionais da área.

– Quais as doenças que o pediatra trata?

Desde os primeiros dias de vida até a entrada na puberdade, é o médico pediatra quem cuidará da saúde da pessoa em todos os aspectos, tais como aleitamento materno, nutrição, prevenção de doenças, vacinas e enfermidades que atingem o ser humano nesta fase da vida.

Ele é fundamental e deve estar presente desde o nascimento do paciente, orientando os pais da melhor forma possível e ajudando a prevenir e tratar doenças como:

  • Alergias – considerando que as crianças são mais vulneráveis a esse tipo de problema, porque seu sistema imunológico ainda está se desenvolvendo:
  • Doenças respiratórias – gripes e resfriados que costumam ser comuns na infância, além de outras mais graves como asma, bronquite e pneumonia;
  • Infecções de ouvido (otites) – podem ocorrer devido ao acúmulo de secreção ou mesmo do leite materno que escoa para o canal auditivo durante a amamentação, facilitando o surgimento de bactérias;
  • Refluxo: muito comum nos primeiros meses de vida, quando o aparelho digestivo da criança ainda não está completamente desenvolvido;
  • Infecções de garganta – podem ocorrer por vírus ou bactérias, mais comum entre os 2 anos de idade.

Saiba mais sobre os benefícios da área de pediatria e sua importância no desenvolvimento das crianças.

Benefícios da Pediatria

pediatria medico mae e menina

O pediatra não é só aquele que não só vai diagnosticar ou tratar determinadas doenças que afetam o público infantil, mas fazer todo o acompanhamento para que o paciente cresça saudável e tenha uma boa qualidade de vida.

Porém, infelizmente, nem todos os pais têm esse conhecimento sobre a importância e os benefícios de frequentar o pediatra regularmente, assim como qualquer outra especialidade da área médica, levando seus filhos ao médico pediatra apenas quando algum sintoma ou sinal de problema aparece.

Mas é importante destacar que ao fazerem isso, os pais acabam privando seus filhos, desde o nascimento, de um dos maiores benefícios da área pediátrica: as prevenções primárias, como vacinações, orientações para hábitos de vida mais saudável, entre outros.

Abaixo você confere a regra de visitas definida pela Sociedade Brasileira de Pediatria para ajudar os pais. Afinal, o atendimento em hospitais, mesmo que seja o adequado em casos urgentes, não pode substituir a ida regular ao pediatra no consultório.

Importância da Pediatria para a saúde da criança

Agora que você já sabe da importância de ir ao pediatra regularmente, precisa saber que este acompanhamento deve ser feito (de preferência) por um profissional pediatra que já conheça todo o histórico da criança.

Assim, é possível fazer toda a prevenção e detectar de forma precoce algumas doenças, permitindo tratamentos mais adequados ao caso da criança e com mais chances de recuperação.

Vale dizer que o pediatra avalia o crescimento

e desenvolvimento da criança, além de dar toda a orientação necessária sobre alimentação adequada, vacinas, sono, acidentes, prevenção de doenças, entre outras.

Confira a seguir as subespecialidades que ajudam o pediatra a fazer todas estas análises.

Quais as subespecialidades médicas contida na Pediatria?

pediatria medico mae e menina consultando

A pediatria conta com algumas subespecialidades em busca de melhores resultados e o bem-estar do paciente. Veja mais detalhadamente sobre cinco dessas subespecialidades da pediatria a seguir:

1 – Cardiologia Pediátrica

União entre os conhecimentos de cardiologia e pediatria como forma de prevenir, diagnosticar e tratar problemas no sistema cardiovascular no público infantil.

2 – Neurologia Pediátrica (ou Neuropediatria)

A união dessas especialidades é para diagnosticar e tratar doenças neurológicas, além de analisar as aquisições cognitivas, motoras e sensitivas da criança.

3 – Alergia e Imunologia Pediátrica

Estuda as doenças do complexo sistema imunológico infantil, tanto aquelas relacionadas a imunodeficiências quanto às alergias.

4 – Oncologia Pediátrica

Esta atua no diagnóstico e tratamento do câncer infantil e adolescente. Difere-se da Cirurgia Oncológica Pediátrica, onde a formação é na área de Cirurgia.

5 – Endocrinologia Pediátrica

Trata-se da união entre duas especialidades que estudam as patologias ligadas às glândulas endócrinas do público infantil e adolescente, como desordens hormonais, por exemplo.

Fora essas, há outras subespecialidades da pediatria. Saiba mais sobre elas clicando aqui.

Como é a formação em Pediatria?

 

Para seguir a carreira de pediatra, é preciso concluir o curso de Medicina, de seis anos. O diploma precisa ser reconhecido pelo MEC para então, iniciar uma especialização em Pediatria e conseguir o registro de especialista  no Conselho Regional de Medicina (CRM) do estado onde atua.

– Graduação em Medicina

A graduação em Medicina é um curso bacharelado na área de Ciências Biológicas, com duração média de seis anos. Normalmente, os quatro primeiros anos abordam conhecimentos mais amplos em relação à profissão. Só nos últimos dois anos de curso que o aluno terá um direcionamento, pois estes são voltados à residência médica 

– Especialização em Pediatria

Já a especialização em pediatria costuma durar cerca de dois ou três anos, abordando disciplinas como biologia, pedagogia e anatomia. Especializado, o profissional pode atuar nas subespecialidades da pediatria, tais como: cardiologia pediátrica, endocrinologia pediátrica, gastroenterologia pediátrica, etc.

– Quanto tempo demora a formação em Pediatria?

Como todo curso voltado à área da saúde, a duração da formação em pediatria vai depender de alguns fatores como: instituição escolhida pelo estudante e local onde ela fica, por exemplo.

Porém, considerando que a Medicina está sempre evoluindo com as novas tecnologias, podemos te aconselhar a não parar de estudar. A formação continuada faz toda a diferença na carreira de qualquer médico.

Por que fazer residência e se especializar em Pediatria?

Na maior parte dos serviços, a residência de pediatria é de três anos de duração.

Primeiramente porque é uma das especialidades mais importantes da área médica e está entre as mais disputadas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria já são aproximadamente 35 mil pediatras registrados no país.

Outro ponto positivo é que os especialistas em pediatria podem atuar em diferentes locais, tais como:

  • Serviços de emergência, centro de terapia intensiva ou enfermaria dos hospitais como plantonista ou como rotina desses serviços;
  • Em maternidades, seja em UTI neonatal, alojamento ou sala de parto, por exemplo);
  • Ambulatórios, postos de saúde / clínica da família;
  • Transporte em ambulância;

Além do mais, o pediatra também pode atuar com pesquisas na área e coordenação de programas de saúde em nível central ou geral.

Quanto ganha um Pediatra em 2022?

pediatria medica mae e menina

De acordo com levantamento feito pelo site salario.com.br, com dados obtidos pelo Novo CAGED, eSocial e Empregador Web. A faixa salarial de um médico pediatra gira entre R$ 6.096,41 e o teto salarial é de R$ 16.696,16.

Ainda segundo a pesquisa, a média do piso salarial de 2022 está em R$ 6.982,65, seguindo acordos coletivos que levam em conta profissionais em regime CLT de todo o Brasil.

No próprio portal de vagas da Sinaxys, você pode conferir e ter uma ideia de quanto um pediatra recebe por hora/turno, nos nove estados cadastrados na plataforma: Alagoas, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

No entanto, muitos perguntam sobre o preço médio de uma consulta no pediatra e nós temos a resposta. Confira!

– Qual o preço médio de uma consulta de Pediatria em 2022?

Segundo a Federação Nacional dos Médicos, o órgão que é responsável por estabelecer o valor do salário da categoria, estima que o valor da consulta com um pediatra fica em torno de R$ 197,00.

– Quantas horas trabalha um pediatra?

Como vimos, o mercado de atuação da pediatria é bem amplo, dando a chance de o especialista escolher aquilo que ele considera melhor para si.

Alguns preferem trabalhar em esquema de plantão nas emergências, centros de terapia intensiva ou enfermarias de hospitais. Já outros optam por atuar como rotina de algum desses serviços. E aí, as horas trabalhadas vão depender muito dessas escolhas.

De acordo com levantamento do salário com.br, a jornada de trabalho de um pediatra varia de 12 horas a 44 horas, da mesma forma que os salários como você pôde verificar.

– Quanto ganha um pediatra iniciante e um experiente?

pediatria medica e menino

A pesquisa do salário.com.br também apontou que o salário para um médico recém-formado em pediatria, que é de R$ 4.015,87 mensais para uma jornada de trabalho de 15h semanais em média, podendo chegar a mais de R$ 7 mil, visto que isso varia muito de empresa para empresa e região de trabalho.

Da mesma forma que um médico experiente na área pode chegar a receber mais de R$ 10 mil pelos seus serviços prestados.

– Quanto ganha um pediatra pelo SUS?

Vale dizer que médicos pediatras, assim como outros especialistas da área médica, podem prestar concursos e atuar no Sistema Único de Saúde (SUS), se quiserem desta forma.

Segundo levantamento do salário.com.br, a média salarial de um médico pediatra concursado é de R$ 6.513,96 para uma jornada de 21 horas semanais, mas claro, pode ser maior a depender de muitos fatores.

Facilite a sua busca por vagas de emprego na área da saúde

Se após ler este texto você ficou interessado na carreira de pediatra, mas não sabe por onde começar a se desenvolver. Tudo que você precisa é encontrar boas oportunidades para isso e a Sinaxys pode te dar uma mãozinha!

A Sinaxys é a plataforma perfeita quando o assunto é dinamismo de carreira. Isso porque, no site ou aplicativo da Sinaxys você pode achar as vagas de Pediatria que mais se adequam ao seu perfil de forma rápida e prática, sem sair de casa.

Confira as vagas na área de Pediatria que separamos para você, clicando aqui! 

– Conheça a Sinaxys

Mais do que um site ou aplicativo que te ajuda a encontrar novas vagas de emprego, seja você médico, dentista ou qualquer outro profissional da saúde, a Sinaxys é uma rede de network voltada a dinamizar carreiras.

A Sinaxys entende que uma boa rede de network e parceiros faz toda a diferença na carreira de qualquer profissional, sobretudo, de médicos e por isso torna essa troca tão prática e sem obstáculos.

O site e aplicativo da Sinaxys conta com uma grande rede de network e parceiros que pode ajudar você a dinamizar sua carreira e a captar mais pacientes, caso você tenha ou queira ter um consultório próprio.

Curtiu?  Então acesse o site e confira todas estas novidades!

Conclusão

A pediatria é uma das áreas mais atraentes para os estudantes de Medicina, o que torna o mercado competitivo apesar de muito amplo e cheio de oportunidades, em diferentes locais e com bons salários que podem passar dos R$ 16.000,00.

Um especialista na área pode atuar, por exemplo, em serviços de emergência, centro de terapia intensiva ou enfermaria dos hospitais como plantonista ou como rotina desses serviços;

Vale dizer que o futuro pediatra precisa não só fazer um curso de Medicina, especialização e residência médica na área pediátrica, mas seguir aprendendo para não perder nada das novas tendências do mercado – que sempre está se atualizando.

Como o pediatra não é só um médico, mas praticamente um amigo – acompanhando e orientando os pais de crianças e adolescentes desde os primeiros dias de vida, ele precisa saber desenvolver a empatia.

Passando orientações não só sobre doenças, mas sobre acidentes, vacinação, alimentação, entre outras coisas importantes para este público.

Atualmente, entende-se a importância da pediatria na vida das pessoas e o quanto é necessário frequentar o médico regularmente desde o nascimento.

Por isso, a área ainda conta com subespecialidades no auxílio do melhor tratamento ao paciente. Neste artigo trouxemos um preço base de uma consulta com o pediatra.

Curtiu o texto e quer saber mais sobre a área da saúde? Então não deixe de conferir o nosso blog, que está repleto de conteúdos incríveis sobre o setor.

Compartilhe!

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere, profissional da saúde!

Baixe o app da SINAXYS gratuitamente

medico sinaxys

Encontre as melhores vagas de emprego na área da saúde.

medico sinaxys

Encontre vagas de emprego na área da saúde.