Recepcionista hospitalar: tudo que você precisa saber antes de contratar

recepcionista hospitalar telefone

Todo hospital ou clínica hospitalar necessita de uma recepcionista para realizar algumas funções muito importantes.

Para atuar na área da saúde como recepcionista hospitalar é necessário que a profissional seja qualificada para atender os pacientes de forma humana e empática.

Como é por meio da recepção que ocorre o primeiro contato de pacientes com as clínicas e hospitais, o atendimento prestado faz toda a diferença para a fidelização dos mesmos, além de ditar se a reputação do local será positiva ou negativa.

Quer saber mais sobre as funções da recepcionista hospitalar e como contratar uma profissional com as habilidades necessárias para o cargo? Acompanhe o nosso post!

Qual é a função de uma recepcionista hospitalar?

recepcionista hospitalar atendimento

A função de uma recepcionista hospitalar pode variar de acordo com o local onde ela trabalha. Porém, entre as atribuições mais importantes estão:

  • Atender aos pacientes;
  • Agendar consultas;
  • Realizar a manutenção e atualização de dados;
  • Atender telefonemas daqueles que contactam diretamente o seu ramal;
  • Abertura de fichas ambulatoriais;
  • Organização de processos de atendimento;
  • Direcionamento de pacientes para consultórios e salas de exames;
  • Preparação e abastecimento das salas de exames, de coletas e box de atendimento;
  • Reuniões diárias com profissionais para organização de rotinas e agendas.

No entanto, não basta apenas executar essas tarefas como outras quaisquer. Para ser contratada para essa função a recepcionista precisa ter um comportamento calmo e paciente, atitudes positivas e ser compassiva.

Sabemos que o ritmo diário de trabalho é repleto de ocupações. Porém, se não forem bem executadas, podem comprometer os resultados do hospital ou clínica como um todo.

Quanto é o salário de uma recepcionista hospitalar?

recepcionista hospitalar telefonista

De acordo com o site www.salario.com.br, uma recepcionista hospitalar ganha em média R$ 1.304,78 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais.

Levando em conta profissionais em regime CLT de todo o Brasil, a faixa salarial desses profissionais fica entre R$ 1.190,86 (média do piso salarial 2021 de acordos coletivos), R$ 1.252,43 (salário mediana da pesquisa) e o teto salarial de R$ 2.037,72.

Ainda segundo a pesquisa, o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 22 anos, ensino médio completo e do sexo feminino. A cidade com mais ocorrências de contratações e com mais vagas de emprego de recepcionista hospitalar é São Paulo.

É importante ressaltar que os valores informados não contém adicionais salariais, como bônus, comissões, insalubridade, periculosidade, acúmulo de função e hora intervalar. Apenas o salário base mensal informado na demissão ou admissão em contrato de trabalho e/ou CTPS.

Qual o salário de um recepcionista que trabalha 12×36?

Uma recepcionista que trabalha na jornada de 12×36 possui uma média salarial entre R$ 1.206,00 a R$ 1.474,00.

Quanto ganha uma recepcionista de hospital noturno?

Com base em alguns dados divulgados pelo site vagas.com.br, o salário de uma recepcionista de hospital noturno R$ 1.371,00.

Quanto ganha um recepcionista de Pronto-socorro?

Uma pessoa que atua no cargo de recepcionista de Pronto Socorro inicia ganhando R$ 1.163,00 de salário e pode vir a ganhar até R$ 1.559,00. Sendo assim, a média salarial no Brasil é de R$ 1.359,00.

Qual a jornada de trabalho de uma recepcionista hospitalar?

recepcionista hospitalar secretaria

Uma recepcionista hospitalar, basicamente, recepciona e presta serviço de apoio a pacientes e seus acompanhantes, fornecendo todas as informações importantes para que eles se sintam seguros naquele ambiente.

De modo geral, esse profissional trabalha com carteira assinada e em horários que variam conforme a ocupação.

Dentre as principais atividades que fazem parte da jornada de trabalho de uma recepcionista hospitalar estão:

  • Prestar serviços de apoio a visitantes e pacientes e passageiros;
  • Responder a chamadas telefônicas;
  • Agendar serviços;
  • Planejar o cotidiano;
  • Recepcionar pacientes e acompanhantes;
  • Organizar informações a serem prestadas;
  • Notificar a segurança sobre a presença de pessoas estranhas;
  • Oferecer transporte ao cliente;
  • Verificar mapa de internação cirúrgico;
  • Demonstrar eficiência e iniciativa;
  • Planejar o dia seguinte;
  • Imprimir listagem de pacientes internados;
  • Anunciar a chegada do paciente;
  • Fornecer regulamentos internos ao paciente;
  • Ouvir com atenção;
  • Registrar acompanhantes;
  • Internar o paciente;
  • Imprimir relatórios de controle;
  • Demonstrar espírito de equipe;
  • Cobrir a divulgação de informações sobre pacientes;
  • Demonstrar capacidade de se antecipar às necessidades dos pacientes;
  • Comunicar-se de maneira clara, ágil e objetiva;
  • Receber pagamentos;
  • Demonstrar empatia e paciência;
  • Agir com bom senso;
  • Demonstrar respeito mútuo;
  • Verificar disponibilidade de leitos;
  • Atender o paciente com informações precisas;
  • Avisar a enfermagem da chegada do paciente;
  • Verificar o pedido de internação;
  • Auxiliar a movimentação de pacientes com dificuldade de locomoção;
  • Intermediar a obtenção de autorizações dos convênios;
  • Demonstrar pró atividade;
  • Cadastrar pacientes e acompanhantes.

Essas são algumas das atividades desempenhadas por uma recepcionista hospitalar durante um dia de trabalho.

Por que contratar o serviço de recepcionista hospitalar?

recepcionista hospitalar recepcao

Agora que você já sabe o que faz uma recepcionista hospitalar, chegou a hora de entender por que contratar esse serviço. Veja abaixo as vantagens de contar com essa profissional.

Melhora o atendimento do hospital

De acordo com uma pesquisa feita pela Convince & Convert, 59% das reclamações dos clientes são causadas por deficiências no atendimento.

Tendo esse resultado como base, uma recepcionista hospitalar pode auxiliar em melhorias significativas no relacionamento entre a equipe médica e seus pacientes.

Potencializa a organização de pacientes

Ter um profissional focado em atender e entender as necessidades do paciente acaba facilitando a organização de informações, independentemente de qual seja o motivo da consulta.

Com isso, o local de saúde obtém ganhos como melhorias na priorização dos atendimentos, além de melhor gerenciamento dos documentos, fichas médicas e outros dados.

Diminui os riscos de erros no pré-atendimento

Sabemos que existem uma série de falhas que podem acontecer no pré-atendimento, como informações incompletas, orientações erradas e até mesmo imprevistos. E uma recepcionista hospitalar qualificada para essa função é capaz de minimizar os riscos dessas situações, potencializando a eficiência da operação e produtividade da equipe.

Aumenta a resolução de problemas

Como uma recepcionista hospitalar precisa estar atenta a qualquer movimentação estranha, ela deve ter a capacidade de resolver qualquer imprevisto que ocorra, independentemente do motivo.

Como contratar uma recepcionista hospitalar

recepcionista hospitalar call center

Como vimos até aqui, a recepcionista hospitalar é peça fundamental do atendimento de um espaço de saúde. Daí a importância de contratar uma profissional capacitada e preparada, para não prejudicar a reputação da instituição.

E para garantir uma contratação assertiva, listamos algumas dicas fundamentais.

1- Recrutamento de candidatos

Algumas empresas acabam enfrentando problemas durante o processo seletivo porque não são claras o suficiente na divulgação da vaga. Isso acaba dificultando o recrutamento de candidatos.

Sendo assim, é importante já colocar na descrição da vaga todas as informações relevantes, como principais responsabilidades do profissional, carga horária, dados salariais, benefícios e região de atuação. Assim fica mais fácil para o candidato analisar a proposta somente enviar o currículo caso se enquadre no perfil.

Também deixe bem claro quais são as características imprescindíveis que esse especialista precisa ter, por exemplo, formação em algum curso em específico, habilidades comportamentais, capacitações técnicas e experiências anteriores. Além das qualidades que podem ser um diferencial.

2- Seleção de candidatos

Uma vez que a vaga foi divulgada, é hora de aguardar as inscrições e então triar os candidatos que melhor se adequam ao perfil.

No momento de selecionar os candidatos, você deve se atentar para todas as informações imprescindíveis dos seus possíveis futuros colaboradores, isso porque candidatos fora do perfil podem comprometer o seu tempo durante as outras etapas do processo e afetar a eficiência da sua contratação.

3- Entrevistas com os melhores candidatos

Durante a entrevista com os melhores candidatos você deve extrair o máximo de informações possíveis e até mesmo  criar dinâmicas para essas entrevistas, sejam em grupo ou individualmente, com o objetivo de avaliar o comportamento dos mesmos em determinadas situações.

O que considerar antes de contratar uma recepcionista hospitalar?

recepcionista hospitalar cadastro

Antes de contratar uma recepcionista hospitalar você pode considerar alguns itens importantes para evitar a troca constante de funcionários.

Histórico

A análise do histórico do candidato é o primeiro passo para uma contratação assertiva. Isso envolve experiências anteriores no segmento hospitalar, qualificações, referências e indicações de outras instituições.

Proatividade

A proatividade é um pré-requisito para a contratação de uma recepcionista hospitalar, já que ela deve ser capaz de agir por conta própria em diversos momentos. Isso porque, além de ser responsável pelo atendimento aos públicos interno e externo das instituições, é ela quem deve organizar agendas, responder a dúvidas e questionamentos e resolver eventuais problemas.

Empatia

A recepção é o primeiro contato de pacientes e acompanhantes com a instituição de saúde. Sendo assim, é essencial que a recepcionista hospitalar tenha não apenas empatia para com o público alvo, mas também se relaciona com cordialidade, simpatia, respeito e preocupação em resolver quaisquer imprevistos.

Organização

A organização é fundamental para conseguir dar conta de todas as demandas que o cargo de recepcionista hospitalar exige. Em suma, essa profissional deve ter habilidades para cumprir com êxito todas as obrigações diárias e, ao mesmo tempo, oferecer excelência no atendimento.

Autocontrole

Como, na maioria das vezes, a recepcionista hospitalar lida com pessoas fragilizadas emocionalmente, ela precisa ter autocontrole e inteligência emocional para conseguir gerenciar situações difíceis da melhor maneira possível.

Conclusão

recepcionista hospitalar agendamento

O cargo de recepcionista hospitalar é fundamental para qualquer local que ofereça serviços de saúde. É ela quem terá o primeiro contato com os pacientes e acompanhantes, sendo responsável pelo bom atendimento e encaminhamento necessário.

E para contratar uma pessoa de confiança e que preza pelo atendimento humanizado, é fundamental ter essa preocupação ainda no momento da publicação da vaga, que deve fornecer todas as informações importantes para quem deseja ocupar o cargo.

Lembre-se que a escolha de uma profissional qualificada pode fazer toda a diferença e ainda melhorar a reputação do seu hospital ou clínica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *