CRM médico: para que serve, como obter e como fazer sua consulta

crm medico letras
Compartilhe:

Você já ouviu falar em CRM médico? Sabe o que essa sigla significa?

Pois bem, o CRM nada mais é que um registro extremamente importante que todos que se formaram em Medicina precisam ter e é sobre ele que vamos conversar no texto de hoje.

Dessa forma, no decorrer de todos os tópicos deste artigo explicaremos detalhadamente o que  é CRM médico, como adquiri-lo, entre outros pontos importantes.

Assim, se você deseja trabalhar como médico, leia atentamente este conteúdo.

Agora, se você não é médico e nem deseja ser, também recomendamos a leitura, pois em algum momento de sua vida vai ser necessário que você consulte algum médico de  diversas especialidades.

É exatamente por isso que você precisa saber se o profissional escolhido está devidamente qualificado e o com CRM ativo.

A seguir, confira o que é CRM médico e muito mais!

Boa leitura!

O que é o CRM médico?

crm medico medico enfermeiras

Para que a pessoa formada em medicina exerça sua profissão é indispensável que ela tenha seu registro no CRM com o seu.

O profissional adquire tal número depois que faz sua inscrição no Conselho Regional de Medicina.

Inclusive, esse número de CRM é instituído por Lei, ou seja, todo médico obrigatoriamente deve possuir um número de CRM e apresentá-lo de forma visível, normalmente no carimbo.

Além disso, o CRM é um órgão que tem como função fiscalizar o exercício da medicina, além de regulamentar a tal prática profissional e defender os interesses das pessoas na área da saúde.

Assim, caso o profissional cause algum dano grave a algum paciente, ele pode perder seu registro no CRM e ficar proibido de exercer a medicina.

O que significa CRM?

Um ponto importantíssimo que você precisa entender é o que significa a sigla CRM.

Tal sigla faz referência ao Conselho Regional de Medicina, que é um órgão estadual vinculado ao Conselho Federal de Medicina (CFM).

Ele está presente em todos os Estados do Brasil, de Manaus até o Rio Grande do Sul, ou seja, todos os Estados precisam ter uma organização do tipo, para que possa ter a fiscalização e regulamentação da fiscalização da atuação dos médicos.

Dessa forma, todo profissional que queira fazer o atendimento de pacientes no Brasil deve, necessariamente, estar vinculado ao conselho regional do Estado onde mora.

Ao fazer isso, o profissional irá receber um número de registro, que é exatamente o CRM.

Tal código é único para cada pessoa

Por que se utiliza a expressão “CRM do médico”?

O CRM, termo referente ao Conselho Regional de Medicina, nada mais é do que um registro que o médico precisa ter logo após obter o diploma, para que ele possa exercer a profissão de médico.

Assim, todo médico deve fazer sua inscrição no CRM de seu Estado, entregar todos os documentos necessários, para posteriormente conseguir a liberação para trabalhar na área da saúde.

Dessa forma, o CRM é um documento obrigatório para todo médico que deseja exercer a medicina, pois ele deve apresentar o número de CRM, de forma visível, geralmente junto com o carimbo, em todas as consultas que ele fizer.

Além disso, diversos pacientes fazem uma consulta do CRM para saber se seu médico está legalizado no Conselho Federal de Medicina, para que ele tenha a segurança de que está se consultando com um médico qualificado.

Para que serve o CRM médico?

crm medico medica hospital

Agora que você já entendeu o que é CRM médico e por que utiliza essa expressão para tal registro, chegou o momento de você saber para que serve o CRM na prática não é mesmo?

Assim, vamos explicar agora porque é necessário fazer esse registro no Conselho Regional de Medicina, tá bom?

Em primeiro lugar, o médico somente pode atuar no Brasil se ele estiver com o seu registro ativo no  CRM.

Isso porque, se o profissional não tiver esse registro, mesmo que ele tenha terminado a faculdade de Medicina, ele não poderá exercer a profissão.

E, caso ele o faça, estará infringindo a lei.

Além disso, esse número também é usado quando o médico precisa:

  • Fazer sua transferência para outro Estado;
  • Cancelar seu vínculo com alguma instituição de saúde;
  • Realizar transferências entre hospitais e clínicas.

Entretanto, além de tudo isso, o CRM, agora como um órgão, atua de uma forma muito importante, tanto para sociedade como para os profissionais de Medicina.

Afinal de contas, ele atua:

  • Na fiscalização das condições do trabalho médico, realizando vistorias em hospitais e clínicas;
  • Na fiscalização da atuação dos profissionais, apurando denúncias;
  • No cumprimento das regras estabelecidas no Código de Ética Médica;
  • Na divulgação de artigos e pesquisas científicas;
  • Em processos de cassação ou suspensão da licença médica.

Qual a importância do CRM médico?

crm medico medica computador

Agora vamos falar a respeito da importância do CRM médico.

Para o médico

Um dos principais benefícios do CRM de medicina  está no fato de que ele autoriza o médico recém-formado a exercer sua profissão de forma regular.

Além disso, o registro que todo profissional de medicina tem no CRM o protege através das leis federais que o permite realizar o exercício da profissão em todo o território nacional.

Outro ponto de extrema importância é que o registro médico profissional ajuda o conselho no momento de fazer a fiscalização da atuação médica, prezando, dessa forma,  pela qualidade do exercício da categoria.

Como visto, CRM médico é um documento exclusivo para os indivíduos formados no curso de medicina.

Assim, para as outras formações da área de saúde, bem como outros segmentos, contam com outro tipo de registro.

É o que acontece com o registro no COREN, que é um documento específico para os profissionais formados em Enfermagem.

Para o paciente

Depois de entender o que é CRM médico é possível entender a importância de tal documento para  a comunidade da área. Entretanto, é preciso saber se para a sociedade esse registro também possui alguma relevância, não é mesmo?

Com tudo o que foi apresentado até agora você provavelmente já tem uma ideia dessa resposta. Entretanto, não custa nada a gente explicar melhor essa questão.

Bem, sempre que o médico tem o seu registro ativo no Conselho Regional de Medicina, ele fica sujeito às fiscalizações e sanções do órgão.

Dessa forma ele está obrigado a seguir todas as regras do conselho que garantem uma qualidade do atendimento, focado principalmente no bem-estar do paciente.

Assim, caso o médico cometa alguma irregularidade, negligência ou problema que pode acontecer durante um atendimento, processo cirúrgico ou tratamento, o paciente ou sua família podem denunciar tal médico ao conselho.

A partir dessa denúncia, o conselho regional começará a investigar a situação e, caso seja necessário, irá aplicar a punição pertinente ao profissional, seja com uma suspensão ou até a cassação do registro.

Caso isso ocorra, o profissional ficará impedido de atuar como médico de forma permanente.

Além do mais, o registro CRM está sempre disponível para acesso público.

Isso significa que qualquer paciente poderá pesquisar e verificar se o profissional que vai atendê-lo possui esse vínculo junto ao órgão e se possui a especialização médica que afirma.

Essa garantia, com toda a certeza, irá proporcionar uma maior tranquilidade para quem está sendo atendido.

Como obter o CRM médico?

crm medico maos escrevendo

Para que o profissional consiga o seu registro junto ao CRM ele precisa ter concluído o  curso superior de Medicina.

Dessa forma, para que ele consiga tal permissão para praticar a profissão, o médico recém-formado deverá procurar o órgão em seu Estado e fazer sua inscrição de forma presencial

Por esse motivo, ele precisa comparecer à sede do órgão ou então em uma delegacia autorizada dispondo de todos os documentos necessários, além de apresentar o boleto com os recolhimentos quitados.

Todos esses detalhes acerca do procedimento também estão disponíveis no site do Conselho Regional de Medicina de cada Estado.

Porém, antes de obter o registro no CRM, você deve definir em que Estado ou país você quer exercer sua profissão, pelo fato de existirem CRMs específicos para cada Estado brasileiro.

Agora, se por algum motivo o médico mudar para outro Estado ele deverá  realizar outro pedido de registro de CRM do local onde ele irá morar.

Mas, se ele for morar em outros países, são exigidos outros documentos com a mesma finalidade.

Documentação necessária para a obtenção do CRM médico

Para que o médico recém-formado solicite o registro junto ao CRM de seu Estado é necessário que ele tenha em mão os seguintes documentos, além do boleto com as taxas quitadas:

  • Três fotos 3 × 4 recentes;
  • Ficha cadastral obtida através do site do CRM do seu estado;
  • Comprovante de residência;
  • Cópia simples do CPF;
  • Cópia simples do RG;
  • Declaração feita à mão, expressando seu tipo sanguíneo;
  • Diploma original;
  • Cópia do diploma em frente e verso;
  • Cópia do diploma revalidado (para os estrangeiros);
  • Certidão de comprovação de quitação com a Justiça Eleitoral;
  • Cópia simples do título de eleitor;
  • Comprovante da realização do exame do CRM;
  • Certificado de reservista (para os homens);
  • Cópia simples da certidão de casamento (para os casados);
  • Certidão de naturalização (para quem se naturalizou no Brasil);
  • RNE com visto de permanência definitiva no Brasil (para os estrangeiros);
  • Cópia simples do documento de identificação do país de origem (para os estrangeiros);
  • Cópia simples do certificado de proficiência em português (para os estrangeiros);
  • Cópia com tradução oficial do diploma (para os estrangeiros).

Dispondo de todos esses documentos, vá até a sede mais próxima do CRM do seu Estado e solicite a sua emissão.

A taxa de anuidade que deverá ser paga é de cerca de R$ 500,00 (quinhentos reais).

As fotos 3 × 4 precisam ser bem nítidas, em um fundo branco e sem adereços; fotos com boné, chapéu, touca, óculos ou qualquer outro tipo de acessório que possa dificultar sua  identificação serão rejeitadas.

Também não serão aceitas as fotos com roupas que não estiverem condizentes com a profissão, tais como roupas justas, com decote ou regata.

Uma recomendação importante é que o médico recém-formado tenha em mão uma cópia autenticada do diploma original, pelo fato de que o mesmo ficará retido no CRM e só será liberado novamente após a conclusão do processo.

Outro ponto importante a ser ressaltado é que o CRM não pode ser transferido de uma pessoa a outra, pois ele é um documento único que todo médico que exerce a profissão deve possuir, cujo código é inalterável.

crm medico bracos cruzados homem

Como funciona o registro?

Em quase todos os casos, o interessado precisa preencher a pré-inscrição online junto ao site oficial do seu CRM, e depois disso , gerar o boleto de pagamento de anuidade e taxas.

Posteriormente, ele deverá apresentar toda a documentação e o comprovante de pagamento na sede do CRM ou órgão responsável mais próximo.

É importante ressaltar que a efetivação da inscrição somente é considerada válida por meio da apresentação de toda a documentação exigida.

Outro ponto importante a ser destacado é que o CRM é um documento intransferível e único e o número estabelecido é a garantia que o médico possa exercer a profissão.

Como dito anteriormente, esse registro é feito junto ao órgão estadual, ou seja, todos os Estados do Brasil podem apresentar as suas particularidades.

Dessa forma, é recomendado que você consulte os procedimentos para a inscrição no site do CRM em questão.

Entretanto, esse processo é bastante simples e você só precisa procurar o órgão levando a documentação solicitada.

Tal documentação foi informada anteriormente, mas, entre outros documentos, ela originais e cópias de:

Diploma de conclusão da graduação em Medicina em uma instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);

  • RG e CPF;
  • Título de eleitor e comprovante de quitação eleitoral;
  • Comprovante de residência;
  • Certificado de reservista, para os homens;
  • Fotos 3 × 4, entre outros documentos.

Depois de realizar todo esse procedimento,  a carteira profissional é entregue.

Mas, é importante ressaltar que essa entrega é feita somente de forma presencial  em uma sessão solene previamente agendada.

Como fazer a consulta do CRM de um médico?

crm medico maos computador

Para que você consiga consultar se o cadastro do médico junto ao CRM está ativo, inativo ou, até mesmo, cassado, é preciso somente realizar uma consulta por meio do site oficial do Conselho Federal de Medicina ou então no próprio conselho do seu Estado (ex.: CRM-GO, CREMERJ, CRM-PR etc.).

Em tais plataformas consta a lista completa de todos os médicos que estão habilitados para praticarem a sua profissão no Brasil e/ou em determinado Estado.

Caso você perceba que o seu CRM está classificado como inativo, ou cassado, é necessário entrar em contato com o Conselho Regional de Medicina para regularizar a situação.

Agora, se você for paciente também deve entrar em contato com o órgão de seu Estado para informar que existe alguém praticando a medicina de forma irregular.

O CRM de um médico pode ser considerado “inativo” por três motivos diferentes, sendo:

  • Quando o médico faleceu;
  • Quando o médico cancelou seu registro (porque vai atuar em outro estado e não pretende ter dois registros, por exemplo;
  • Quando sofreu penalidade e teve o registro suspenso temporariamente ou cassado.

Como descobrir se o CRM é verdadeiro?

Para saber se um médico está apto a exercer a profissão, e é verdadeiro, qualquer pessoa pode realizar uma pesquisa no site do Conselho Federal de Medicina ou dos demais conselhos regionais de medicina de cada Estado,e conferir se o médico que você procura está nessa lista.

Dessa forma, você conseguirá saber se o médico que você deseja consultar pode exercer a profissão, para, dessa forma, você fazer uma consulta segura.

Conclusão

crm medico estetoscopio

Depois de todo o exposto neste artigo ficou mais fácil saber como você, um médico recém-formado, pode realizar sua inscrição junto ao CRM e exercer a profissão que você sempre sonhou, não é mesmo?

Além disso, ficou claro o quanto esse documento é importante, tanto para os médicos quanto para a sociedade em geral, que pode consultar o CRM do médico desejado para saber se ele está apto a praticar a medicina.

Dessa forma, se você acabou de se formar em medicina, junte todos faça sua pré-inscrição junto ao CRM de seu Estado, pague as taxas e leve toda a documentação exigida na sede do órgão.

Pois, somente assim, você será considerado um médico habilitado a praticar a medicina.

E você paciente sempre busque informações junto ao site do CRM de seu Estado para saber se seu médico está apto ou não.

Continue acompanhando nosso blog para ficar por dentro de tudo o que envolve a área médica!

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere, profissional da saúde!

Baixe o app da SINAXYS gratuitamente

medico sinaxys

Encontre as melhores vagas de emprego na área da saúde.

medico sinaxys

Encontre vagas de emprego na área da saúde.