Neurocirurgião: Formação, Mercado de Trabalho e Atuação

neurocirurgiao consulta medica
Compartilhe:

É provável que você já tenha ouvido falar da Neurocirurgia. E se não foi nas aulas de Medicina, pode ter sido em famosas séries de TV como Grey’s Anatomy (2005) e Friends (1994), visto que é uma área retratada nestes programas, com o profissional neurocirurgião.

Contudo, a Neurocirurgia vai além das telinhas, é uma especialidade sempre ligada à ciência e às novas tecnologias, que atrai cada vez mais novos profissionais e que pode até ser considerada uma das profissões do futuro.

Porém, o médico neurocirurgião tem grande responsabilidade por tratar pacientes com doenças do sistema nervoso central e periférico. Sendo, portanto, necessário amplo conhecimento e habilidades na área.

Pensando nisso, trazemos informações importantes acerca desta especialidade para você estudante de Medicina ter a certeza de sua escolha e saber quais caminhos tomar para alcançar o objetivo de ser neurocirurgião.

Boa leitura!

Quem é o neurocirurgião?

neurocirurgiao operacao
Quem é o neurocirurgião?

A Neurocirurgia é uma especialidade médica que se ocupa do tratamento cirúrgico de adultos e crianças portadores de doenças do sistema nervoso central e periférico.

O sistema nervoso é o canal de comunicação do cérebro até a coluna, onde é transmitido todo tipo de informação para as mais diversas regiões corporais. Com isso, são controlados atos simples como caminhar ou correr e até os nossos batimentos cardíacos.

Trata-se de uma área que surgiu no início do século XIX. Porém, os primeiros procedimentos datam do período do Antigo Egito (1300 a.C).

No Brasil, as primeiras escolas neurocirúrgicas foram criadas em 1928 e 1931 pelos médicos  José Ribe Portugal e Elyseu Paglioli e em 1957 fundou-se a  Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN), que hoje é uma das cinco  sociedades neurocirúrgicas de maior prestígio mundial.

Entre as principais doenças tratadas por este profissional, destacam-se:

  • Aneurisma intracraniano;
  • Dor crônica;
  • Doenças da coluna cervical;
  • Degenerativa do disco intervertebral;
  • Epilepsia;
  • Espinha bífida;
  • Hérnia de disco;
  • Hidrocefalia;
  • Lesão da medula espinhal;
  • Trauma de crânio.

Ou seja, estamos falando de um profissional capaz de tratar problemas em regiões muito sensíveis do corpo humano.

Locais estes que exigem atenção redobrada e alta habilidade para diagnosticar e tratar as doenças de forma adequada, buscando a boa recuperação do paciente.

Veja a seguir mais detalhes sobre o médico neurocirurgião.

Qual a formação de um neurocirurgião?

O neurocirurgião, como você percebeu, é o médico especialista em cirurgia do sistema nervoso central e periférico. Cuidando do cérebro, coluna e todas as ramificações nervosas responsáveis pelos cinco sentidos e os movimentos do corpo.

Por toda essa responsabilidade, não é difícil entender que a formação em neurocirurgia é bem complexa – envolvendo seis anos de curso de Medicina e mais cinco anos de especialização, como forma de capacitar o médico a realizar procedimentos mais invasivos como no caso do neurocirurgião geral.

O médico pode ainda realizar uma subespecialização através de formação externa ou de um sexto ano opcional dentro do programa de residência, considerando as muitas subespecializações presentes dentro da área de neurocirurgia. 

O que faz o neurocirurgião?

neurocirurgiao profissional cirurgia
Função do Neurocirurgião.

Pacientes, em sua maioria, procuram neurocirurgião após passarem por um clínico geral – neurologista ou ortopedista – visto que este profissional é o responsável por identificar a necessidade de tratar cirurgicamente doenças do sistema nervoso como aneurisma, hidrocefalia e tumor cerebral.

Ou seja, cirurgias sensíveis que envolvem o cérebro, a coluna e todas as ramificações nervosas.

Isso porque, o neurologista não realiza procedimentos invasivos.

Ele, no entanto, atua em conjunto com neurocirurgião, em busca de esclarecer ao paciente os prós e contras em relação à neurocirurgia, bem como explicar sobre a convivência com a doença ou verificar a possibilidade de outros tratamentos menos invasivos.

Porém, no fim a decisão cabe ao paciente fazer ou não a cirurgia.

Como é o dia a dia de um neurocirurgião?

Devido a sua grande responsabilidade, o dia a dia de um neurocirurgião é corrido. Porém, tudo vai depender da área onde ele atua (se no serviço público ou privado). Mas, no geral, o médico neurocirurgião divide seu tempo entre atividades de consultório e cirúrgicas.

Na maioria dos serviços privados por exemplo, os

neurocirurgiões atuam de sobreaviso, ou seja, eles são chamados em caso de haver paciente  neurocirúrgico.

Já em atividades de consultório eles avaliam pacientes que foram encaminhados ou que acreditam precisar de consulta com neurocirurgião.

Enquanto que nas unidades de emergência públicas, o especialista realizará procedimentos cirúrgicos e avaliará pacientes que estão em observação.

Os procedimentos mais comuns são os relacionados ao traumatismo craniano como: drenagem de hematomas e derivação ventricular externa.

Na realidade, não há uma rotina definida na carreira de neurocirurgia e isso é o que torna tudo mais interessante, afinal, é um profissional em constante aprendizado. Confira mais pontos positivos e alguns negativos desta profissão!

Pontos positivos e negativos da carreira do neurocirurgião

neurocirurgiao consulta
Pontos da carreira de Neurocirurgião.

A neurocirurgia é uma carreira que gera muito interesse nos estudantes de Medicina, mas como qualquer profissão ela tem dois lados: positivo e negativo.

Acredito que você já deve ter percebido conforme lia este texto as possibilidades enormes que a área garante, além de grande conhecimento em torno de regiões importantes do nosso corpo como o cérebro.

Sem contar o reconhecimento do profissional e os salários que podem ser muito vantajosos a depender do foco da carreira.

Há também o desafio de lidar com casos mais graves que gera motivação em muitos profissionais e um vínculo muita maior com o paciente do que em outras especialidades. O reconhecimento da área se dá justamente a essa complexidade.

Porém, é então que entramos nos pontos negativos.

Afinal, todos estes problemas que o profissional tem que lidar e essa proximidade maior com seus pacientes pode afetar diretamente o seu emocional, gerando uma carga excessiva de trabalho, pressão e estresse, por exemplo.

Além disso, estamos falando de uma especialidade em que é exigida uma formação constante, com anos de dedicação aos estudos. O que nem todos os estudantes podem estar preparados para tudo isso.

Como está o mercado de trabalho para o neurocirurgião?

Quem se torna médico neurocirurgião pode atuar tanto no serviço público (atividades de emergência, ambulatoriais e cirurgias eletivas) quanto no privado (atividades hospitalares e consultórios), além de atuar em centros de investigação e pesquisa e na área acadêmica.

Há casos em que é possível até mesmo ajudar no desenvolvimento de próteses, embora este não seja o desejo de muitos dos profissionais da área.

Durante a profissão, o médico pode acabar indo para subáreas como pediatra, vascular, endovascular, base do crânio, oncológica, coluna vertebral, funcional e dor, nervos periféricos e

trauma e terapia intensiva.

Qual é o número de profissionais hoje nessa especialização?

De acordo com o último estudo da Demografia Médica no Brasil de 2020, existem 3.682 profissionais titulados em neurocirurgia.

A especialidade é a terceira com menor participação feminina. Considerando ainda que desde 2009 as mulheres são as que mais entram na área da Medicina no Brasil.

Segundo o próprio levantamento da Demografia Médica,  os homens representam 91,2% dos profissionais que atuam na Neurocirurgia. São 2.902 homens contra 279 mulheres.

A neurocirurgia é a terceira especialidade com maior proporção de homens, atrás apenas de Urologia e Ortopedia e Traumatologia.

Quanto ganha em média um neurocirurgião?

Segundo pesquisa do do Salario.com.br junto a dados oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web, um Médico neurocirurgião ganha em média R$ 6.092,69 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 23 horas semanais. O levantamento foi feito com base em 67 salários de profissionais admitidos e desligados pelas empresas no período de Janeiro a Dezembro de 2021.

Ainda de acordo com o levantamento, a faixa salarial de um médico neurocirurgião fica entre R$ 5.560,73 (média do piso salarial 2022 de acordos coletivos), R$ 5.818,62 (salário mediana da pesquisa) e o teto salarial de R$ 12.801,84, levando em conta o salário base de profissionais em regime CLT de todo o Brasil.

A área de neurocirurgia está entre as profissões do futuro?

Podemos dizer que sim, afinal, é uma área em constante evolução desde o seu surgimento no início do século XIX, além de saber utilizar as tecnologias a seu favor (abaixo você confere a relação entre a tecnologia com esta especialidade!)

Tornar-se um médico já é por si só uma expectativa de muitas pessoas, não é à toa que está é uma das carreiras mais disputadas do país. E ser neurocirurgião é uma área de tanto reconhecimento, que está presente até mesmo em séries de TV famosas como Grey’s Anatomy (2005).

Por mais que seja uma das áreas mais valorizadas no Brasil, ser um neurocirurgião significa ter muitas responsabilidades, pois este profissional irá cuidar e realizar procedimentos de extrema complexidade tratando do cérebro e da medula espinhal, por exemplo.

Por isso, é essencial dedicação aos estudos para fazer parte desta profissão tão futurista, visto que conforme as novas tecnologias vão avançando, a necessidade de profissionais qualificados faz toda a diferença.

A neurocirurgia e a tecnologia

A neurocirurgia é uma área que vive em constante atualização.

Por esta razão, os profissionais que atuam nessa especialidade precisam estar sempre de olho nas novas tendências e tecnologias como forma de ajudar no diagnóstico e tratamento das doenças neurológicas.

É fato que muitas pessoas ficam com medo só de pensar em ter que passar por esta especialidade e por uma cirurgia deste tipo.

Mas, a verdade é que a tecnologia tem reduzido cada vez mais faltas nestes procedimentos através de novos equipamentos que oferecem mais clareza e agilidade ao profissional, tornando as cirurgias neurológicas mais seguras.

A Ressonância Magnética, por exemplo, foi um dos primeiros avanços na área, possibilitando um diagnóstico mais preciso das doenças e uma cirurgia mais eficaz.

Há ainda a monitorização eletrofisiológica intra-operatória considerada essencial nos dias de hoje por ajudar a monitorar  a função e a integridade das estruturas do sistema nervoso durante os procedimentos.

Entre outros avanços tecnológicos na área de neurocirurgia, podemos citar a neuronavegação (auxilia na Ressonância Magnética), a cirurgia awake craniotomy (procedimento que verifica as regiões funcionais do cérebro) e as tecnologias aplicadas em microscópio de alta resolução, que geram imagens fluorescentes e auxiliam nas cirurgias.

Importância da neurocirurgia para a ciência

neurocirurgiao equipe
Ciência x Neurocirurgião

Você já ouviu falar em neurociência?

Se respondeu não, saiba que esta é uma área de extrema importância, pois busca estudar os mecanismos do sistema nervoso central – suas estrutura, função, genética e fisiologia, assim como esta pode ser aplicada para compreender doenças do sistema nervoso.

Ou seja, é uma área que auxilia na descoberta sobre o cérebro humano.

Podemos dizer que a neurociência e a neurocirurgia andam de mais dadas em busca de novas descobertas acerca do sistema nervoso, visto que os neurocirurgiões tratam de doenças do sistema nervoso central e periférico, como já citamos por aqui.

Vale ressaltar que os neurocientistas são os cientistas básicos que podem ou não podem ter um diploma na Medicina.

Fora isso, por ser uma área de estudo relacionada à Medicina, a neurociência tem interface com outras áreas e especialidades, tais como: a psicologia, pedagogia, biologia, anatomia, genética, fonoaudiologia, tecnologia, física, filosofia, entre outras.

Agora que você já sabe o quanto a neurocirurgia é importante tanto para a Medicina quanto para a ciência, provavelmente deve estar se perguntando quais as maneiras de se tornar um neurocirurgião, certo?

Confira nossas dicas abaixo!

Como se preparar para ser um neurocirurgião?

Como você deve ter notado, a área da neurocirurgia é importante para a ciência e para a Medicina, tratando de problemas no sistema nervoso central e periférico. Doenças como dor crônica, trauma de crânio e hérnia de disco, entre outros.

Por este motivo, se preparar bem para o mercado é essencial. Saiba que é preciso levar em consideração muitos pontos antes de decidir se tornar um neurocirurgião, tais como a sua própria realização pessoal e profissional.

E se a sua decisão está tomada, o primeiro passo para se preparar para a área é escolher uma instituição reconhecida e ter um bom desempenho na faculdade, pois se dar bem nas aulas é sinal de que você tem grandes chances de se dar bem no mercado.

Além de um bom esforço nos estudos, ficar bem informado com relação às novas tendências é importante devido a Medicina sempre estar em evolução.

Mas não fique preso somente às aulas da faculdade. Participar de eventos, cursos e workshops da área também ajudam a ampliar seus conhecimentos e a fazer uma boa rede de network e você pode começar já no primeiro ano do curso, fica a dica!

Quanto tempo demora para se tornar um neurocirurgião?

neurocirurgiao centro cirurgico
Formação de neurocirurgião.

Bom… já fique sabendo que para se tornar um neurocirurgião não é tão simples assim! São anos de estudo e muita dedicação, mas que no final valerá a pena e você já percebeu isso ao longo deste artigo.

Para começar a jornada é necessário cursar seis anos de Medicina e, de preferência, em uma boa instituição (como já citamos acima!). Logo após a conclusão do curso, o estudante deverá passar por 5 anos de residência, com aprendizado sobre a prática clínica e cirúrgica.

É uma rotina agitada, em que o futuro neurocirurgião passará pelo atendimento no ambulatório, emergência e avaliações de pós-operatório.

Ele fica grande parte do tempo no bloco cirúrgico, onde tem a possibilidade de assumir práticas e procedimentos como: drenagem de hematomas, derivação ventricular externa, tratamento cirúrgico de afundamento e implante de cateter.

Além disso, ele precisa lidar com pesquisas acadêmicas.

Vale ressaltar que o programa oficial de Residência Médica é definido pelo Ministério da Educação (MEC), junto à Associação Médica Brasileira e a Sociedade Brasileira de Neurocirurgia.

Ele é de acesso direto e, após o término, o médico tem a opção de passar um ou mais anos opcionais dentro do programa, contemplando as inúmeras subespecialidades da neurocirurgia. Dentre elas:

  • Neurocirurgia geral;
  • Cirurgia de Coluna;
  • Neurocirurgia Oncológica;
  • Neurocirurgia Pediátrica e Cirurgia Crânio-facial;
  • Trauma e Neurointensivismo;
  • Nervos Periféricos;
  • Neurocirurgia Funcional e Dor;
  • Base de crânio.

No entanto, a residência médica pode variar conforme a instituição que a oferece, tendo características e funcionamento próprios. As diretrizes estabelecidas buscam apenas definir em linhas gerais como deve ser a formação.

Qual a diferença entre o neurologista e neurocirurgião?

neurocirurgiao durante operacao
Neurologista x Neurocirurgião

A neurocirurgia e a neurologia podem até trabalhar juntas, como forma de complementar uma a outra, pois ambas tratam de doenças ligadas ao sistema nervoso central e periférico.

Contudo elas possuem suas diferenças que vão além da formação de cada profissional.

De forma resumida, o neurologista é o profissional com conhecimentos em neurologia clínica, bioquímica cerebral e farmacologia do sistema nervoso.

Ele é capaz de avaliar, diagnosticar, tratar com medicamentos e acompanhar o paciente em seu pós-operatório, identificando sequelas.

O neurologista também possui conhecimentos em geriatria e psiquiatria, visto que grande parte das doenças neurológicas afetam, especialmente, idosos e pacientes que apresentam casos de doenças relacionadas à demência.

Entre as doenças tratadas por esta especialidade estão: a enxaqueca; esclerose múltipla; epilepsia e encefalite.

Já o neurocirurgião é o profissional com conhecimento mais aprofundado em técnicas cirúrgicas, traumas, neuroanatomia e terapias intensivas, além de conhecimento em doenças neurológicas.

Entre as doenças que este profissional é capaz de tratar estão: tumor  cerebral, de nervos periféricos e de hipófise, hernias de disco, aneurisma, dor crônica, fraturas da coluna e traumatismo craniano, por exemplo.

Facilite a sua busca por vagas de emprego na área da saúde

E se você está em busca de boas oportunidades e de formas de criar uma rede de network eficiente e capaz de dinamizar sua carreira, a Sinaxys é a solução!

Com a Sinaxys, você tem um site e aplicativo incrível e repleto de vagas na área da saúde tanto para quem está começando quanto para os mais experientes, pois o seu perfil é levado em consideração acima de tudo para te dar sempre a opção.

Além do mais, você tem conteúdos exclusivos sobre a área da Medicina para te deixar em dia com as últimas tendências do momento.

Acesse o site e confira todas estas novidades!

Conclusão

A neurocirurgia é uma área que abrange  o tratamento cirúrgico das estruturas nervosas, diferente da neurologia que atua no diagnóstico e tratamentos convencionais, não cirúrgicos.

Por esta razão, ambas atuam em conjunto buscando o melhor tratamento e recuperação do paciente.
Com o avanço tecnológico, trata-se de uma área que vem se tornando cada dia mais segura e eficiente, minimizando riscos.

Por este motivo, o profissional precisa ser altamente capacitado e de confiança para oferecer o melhor ao paciente.
Fora isso, é uma área que auxilia na ciência por meio da neurociência, sendo também muito reconhecida neste campo de atuação.

Veja mais conteúdos sobre a área da Medicina em nosso blog.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere, profissional da saúde!

Baixe o app da SINAXYS gratuitamente

medico sinaxys

Encontre as melhores vagas de emprego na área da saúde.

medico sinaxys

Encontre vagas de emprego na área da saúde.