Oftalmologia: o que é, o que trata, e qual a formação do especialista

oftalmologia mulher consulta
Compartilhe:

Você sabia que a oftalmologia é uma das 10 especialidades médicas que mais possuem profissionais em atuação no Brasil? Estima-se que o número passe dos 20 mil.

No entanto, ainda são muitas as dúvidas que giram em torno deste profissional tanto por pacientes quanto por estudantes de Medicina que desejam seguir carreira nesta área.

Pensando nisso, neste post abordaremos os pontos principais referente a esta profissão: sua formação, seus desafios, sua rotina, remuneração e como ela acontece em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Considerando ainda que os olhos são muito importantes, pois são eles que nos fazem enxergar o melhor da vida.

Porém, um a cada cinco brasileiros, entre 18 a 24 anos, não possuem o hábito de frequentar este especialista, aponta uma pesquisa da Agência Brasil.

Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre este profissional e saiba como cuidar dos seus olhos.

O que é Oftalmologia?

oftalmologia medica segurando aparelho

A oftalmologia é uma área que abrange diferentes atividades dentro da Medicina, podemos citar: a parte clínica, cirúrgica e uma grande diversidade de exames – o que faz desta especialidade uma das 10 que mais possuem profissionais atuantes.

Em 2019, já eram mais de 20 mil oftalmologistas atuando em cerca de 1.633 municípios brasileiros, de acordo com o presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia.

Mas afinal, qual a importância de visitar este profissional? Digamos que é muito mais do que você imagina.

Isso porque, o oftalmologista é o especialista que busca cuidar da saúde dos nossos olhos, que por sua vez, fazem toda a diferença no nosso dia a dia.

É ele quem estuda, diagnostica e trata dos olhos e suas doenças. Em suas consultas, o médico oftalmologista busca analisar todo o histórico da saúde ocular do paciente.

Além disso, por meio de muitos exames à disposição, ele é capaz de acompanhar a evolução de doenças oculares e verificar o bom funcionamento do sistema ocular.

Qual é a diferença entre oculista e oftalmologista?

É comum as pessoas confundirem o oculista e o oftalmologista, visto que são profissionais que se complementam. No entanto, ambas as ocupações possuem diferenças.

O oftalmologista é responsável pelos diagnósticos, prevenção e tratamentos de doenças na região dos olhos, tais como: astigmatismo, miopia, estrabismo, hipermetropia, catarata, glaucoma, entre outras.

Enquanto o oculista é um profissional especializado que procura interpretar de forma correta as receitas passadas ao paciente pelo oftalmologista.

Assim, ele produz, conserta e cuida da manutenção das lentes e dos óculos. Além disso, é capaz de orientar o paciente de maneira que ele escolha quais tipos de lentes e armações são ideias em seu caso.

Sendo assim, se você perceber algum problema em sua visão, é recomendado procurar um oftalmologista para que ele possa avaliar e te passar o melhor tratamento.

E, caso seja necessário o uso de óculos, ele te encaminhará para um oculista, este por sua vez, indicará o modelo ideal para você.

Para que serve a Oftalmologia?

oftalmologia medica examinando paciente

Uma pesquisa feita pela Agência Brasil mostrou que um a cada cinco brasileiros, entre 18 a 24 anos, nunca foram ao oftalmologista (21%) e outros 10% fizeram a consulta uma única vez na vida.

Números preocupantes, visto que a visão é o mais importante sentido no corpo humano.

É através da visão que recebemos a maior parte das informações do meio em que vivemos, tornando o funcionamento ocular complexo.

Por esta razão, buscar ajuda de um especialista para realizar exames oftalmológicos de rotina é a melhor maneira de prevenir ou detectar precocemente os males relacionados a esse órgão, que podem ser muito prejudiciais.

A oftalmologia, no caso, é a especialidade que serve para evitar tais problemas. Sua função principal é preservar a saúde ocular e assegurar, dentro das possibilidades, melhor visão aos pacientes.

Quais são as doenças oculares mais comuns?

São muitas as doenças que podem acometer os nossos olhos, reforçando a importância da prevenção e diagnóstico precoce.

Falando especificamente do trabalho dos especialistas em oftalmologia, eles analisam e tratam estas doenças relacionadas aos olhos e visão.

Entre os problemas mais comuns diagnosticados nas clínicas, destacam-se:

  • Astigmatismo;
  • Catarata;
  • Conjuntivite
  • Degeneração Macular;
  • Estrabismo;
  • Glaucoma;
  • Hipermetropia;
  • Miopia;
  • Retinopatia Diabética, entre outros.

Dentre esses problemas, ressaltamos que o Glaucoma e a Retinopatia Diabética devem ter um cuidado especial para diagnosticá-los de forma precoce, visto que estas doenças oculares causam cegueira irreversível.

A Catarata também pode levar à cegueira se agravada. Porém, é importante diagnosticar precocemente e há a cirurgia que não é invasiva.

Quando o paciente deve recorrer a um profissional de Oftalmologia?

oftalmologia medica checando olhos

Sabemos que grande parte das pessoas deixam para ir ao oftalmologista apenas quando estão com alterações na visão, mas a prevenção é sempre a melhor escolha.

Por isso, é importante manter consultas frequentes, principalmente se você se identifica com algum dos itens abaixo:

  • Dificuldade de enxergar;
  • Coceira ou pressão nos olhos;
  • Diabetes ou hipertensão;
  • Detecção de doenças hereditárias;
  • Idade acima de 40 anos.

Contudo, muitas doenças oculares são silenciosas e em cada etapa da vida iremos  necessitar de diferentes cuidados com os olhos e o oftalmologista é a pessoa ideal para guiá-lo sobre isso. Então, manter consultas regulares é a melhor opção.

Como funciona a Oftalmologia?

Já sabemos que há diferenças entre o oculista e o oftalmologista, apesar de ambos trabalharem juntos para manter a nossa visão em dia. Afinal, são inúmeras as doenças que podem acometer os nossos olhos. Mas enfim,  como funciona a Oftalmologia?

Antes de mais nada, é importante ressaltar que consultas de rotina com o oftalmologista, assim como consultas com qualquer outro médico especialista, servem para garantir que tudo esteja bem com a sua visão.

E quem acha que este especialista analisa apenas a nossa capacidade de enxergar as coisas de perto ou longe, está muito enganado.

Ele também busca avaliar as estruturas internas do olho, ou seja, ele avalia a retina, córnea, lágrimas, entre outras, buscando encontrar alguma anormalidade.

É durante a consulta que o médico busca analisar o histórico familiar de doenças oculares do paciente e como está a visão dele. Um exame oftalmológico e exames complementares como Biomicroscopia, Exame de Refração e Tonometria, por exemplo.

Para que você possa entender melhor, continue sua leitura. Abaixo você saberá o que mais pode esperar de uma consulta com o oftalmologista.

O que acontece numa consulta com o oftalmologista?

Independentemente se o paciente já chegar com uma queixa ou aparentar não estar com nenhum problema, o oftalmologista fará uma triagem diagnóstica básica padrão. Confira abaixo:

1° Faz-se uma avaliação histórica-clínica do paciente (conhecida como anamnese) para que o médico obtenha importantes informações como: idade, doenças que podem influenciar problemas oculares (hipertensão, por exemplo), se já tem problema de vista e se já fez/faz tratamento, entre outros pontos.

2° O oftalmologista avaliará sua visão durante a consulta com um aparelho chamado biomicroscópio.

Ele também pode analisar o seu grau, colocando você em um aparelho e alterando as lentes conforme suas respostas para verificar se está melhor ou não a sua visão e entender qual a lente ideal no seu caso.

3° O oftalmologista pode ainda medir a pressão do olho do paciente.

Caso seja identificada alguma alteração durante a consulta, especialmente durante a análise do grau de visão, outros exames extras podem ser necessários, para encontrar qual é, de fato, a causa e origem do problema.

Quais exames o oftalmologista faz na consulta?

Em uma consulta com o oftalmologista é comum que ele faça o máximo de perguntas para saber o seu histórico familiar de doenças oculares e faça exames para saber como anda a saúde dos seus olhos.

Entre os exames feitos pelo especialista, citamos:

  • Avaliação externa:  analisa as estruturas mais externas dos olhos, buscando problemas que sejam mais visíveis e perceptíveis (a superfície do olho, pálpebras e o canal por onde sai a lágrima);
  • Biomicroscopia: este exame possibilita uma visão 3D do olho, o que dá acesso a informações detalhadas, permitindo o diagnóstico de inflamações nos olhos e de doenças, como a conjuntivite, catarata e glaucoma;
  • Teste ortóptico: este teste avalia o funcionamento dos músculos do olho, diagnosticando problemas como estrabismo e ambliopia;
  • Fundoscopia: já este exame serve para detectar doenças na retina, tais como a retinopatia diabética e glaucoma, que já citamos ser graves problemas oculares;
  • Exame de Refração: este exame é a principal forma de identificar problemas de miopia, hipermetropia e astigmatismo, que são muito comuns. Aqui o paciente interage com imagens, letras ou números (a partir de uma certa distância), relatando para o médico o que vê;
  • Tonometria: este exame é responsável por medir a pressão ocular.

Há muitas técnicas para detectar problemas oculares atualmente e os tratamentos estão cada vez mais avançados. Por isso, não podemos deixar de procurar o médico oftalmologista, mesmo sem sintoma algum.

Quanto cobrar por uma consulta de Oftalmologia em 2021?

A consulta com o médico oftalmologista deve ser feita com regularidade por todo mundo. Diversas doenças oculares – e até mesmo doenças sistêmicas – podem ser identificadas e tratadas após uma consulta oftalmológica.

Além disso, há pessoas que precisam de cuidado redobrado, tais como: diabéticos, idosos, hipertensos e pessoas com problemas oculares em geral.

Estas pessoas precisam ficar em alerta a qualquer sinal importante (piora na visão, irritação ocular ou dores na região dos olhos, por exemplo).

No entanto, como vimos, poucos têm o hábito de frequentar o oftalmologista e é comum encontrarmos pessoas adiando a sua consulta oftalmológica por causa de dinheiro.

Porém, atualmente há muitas clínicas que cobram um preço baixo e possuem qualidade, outras óticas até chegam a oferecer exames de graça.

Geralmente, uma consulta oftalmológica pode variar entre R$ 90,00 e R$ 200,00 em clínicas populares. Em clínicas de padrão mais elevado, a consulta pode ficar entre R$ 300,00 e R$ 600,00, além dos exames complementares.

Mas os valores de consultas com oftalmologista variam, de acordo com alguns critérios como:

  • Cidade onde o  profissional e/ou a clínica estão localizados;
  • Especialidade do profissional, considerando que especialistas em retina, estrabismo, oftalmopediatra, glaucoma, entre outros, podem elevar o valor da consulta.

Em locais onde o preço está muito abaixo, fique atento ao local de atendimento e saiba se o profissional que irá te atender é realmente apto a exercer a profissão.

Vale destacar ainda que alguns pontos negativos de alguns locais são:

  • A retenção do receituário dos óculos –  este documento  pertence ao paciente e ele deve levar à sua ótica de preferência;
  • A venda da consulta junto com os óculos (o que pode ser considerada venda casada, prática ilegal de acordo com o Código de Defesa do Consumidor).

Ir ao oftalmologista é importante, mas pesquisar sobre o local e o profissional é ainda mais.

Como é a formação em Oftalmologia?

oftalmologia infantil

Como toda especialização médica, para ser um oftalmologista não é fácil, exige muita dedicação do estudante do início ao fim.

Aliás, a formação não tem fim, ela deve ser continuada como forma de garantir que você sempre esteja atualizado e possa ser um profissional altamente capacitado.

Participar de cursos extracurriculares e congressos após sua graduação e especialização é uma ótima oportunidade de garantir um amplo conhecimento na área e fazer aquele networking com colegas de profissão.

Mas, antes disso, confira as etapas que você precisa passar para se tornar um bom oftalmologista.

Graduação em Medicina

Como sabemos, a Oftalmologia é uma especialidade da área médica, portanto, para se tornar um especialista nesta área é preciso que você conclua o curso de Medicina, que tem duração de seis anos e abrange competências profissionais por meio da articulação entre a teoria e a prática.

Especialização em Oftalmologia

Após a conclusão da faculdade de Medicina, o estudante pode ingressar em sua especialização, destinada ao estudo e tratamento de doenças e problemas de refração apresentados pelo olho e que é equivalente a uma pós-graduação, tendo duração de dois anos.

Outros requisitos para completar a formação é a realização de residência médica na área de Oftalmologia em uma instituição de saúde, durando no mínimo dois anos, ou então fazer estágio de três anos em uma instituição reconhecida.

É importante que o curso escolhido seja de qualidade e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Fora a atualização contínua do profissional.

Quantos anos dura a formação em Oftalmologia?

Considerando seis anos da graduação em Medicina, mais cinco anos de residência médica e estágio, podemos dizer que o tempo mínimo para se formar em Oftalmologia é de 10 anos.

Mas, como dito anteriormente, a formação deve ser contínua, pois a Medicina e o mercado no geral sempre está em evolução.

Sendo assim, concluímos que não há um tempo certo de duração desta especialidade se você deseja ser um grande oftalmologista.

Vale destacar que todos os profissionais de Medicina devem obter seu registro profissional do Conselho Regional de Medicina para poder exercer a profissão.

Quantas horas trabalha um oftalmologista?

oftalmologia exames letras

Um oftalmologista pode exercer sua profissão em diferentes locais e sua remuneração também dependerá disso. Geralmente são cerca de 20 horas de trabalho.

Entre os campos de atuação do oftalmologista podemos citar:

  • Hospitais públicos e privados;
  • Postos de saúde;
  • Consultórios e clínicas médicas;
  • Organizações não-governamentais (ONGs) e empresas do terceiro setor;
  • Em instituições educacionais.

Quanto ganha um oftalmologista em 2021?

Um médico oftalmologista brasileiro recebe, em média, R$ 4.904,43 para uma jornada de trabalho de 19 a 20 horas semanais, segundo pesquisa do site Salario.com.br e coletas de dados oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web.

A pesquisa levou em consideração 162 salários de profissionais admitidos e desligados pelas empresas no período de Outubro de 2020 a Setembro de 2021.

No entanto, a remuneração deste profissional vai depender do seu campo de atuação e experiência, podendo chegar a mais de R$ 17.000,00.

Oftalmologia em Belo Horizonte – BH

oftalmologia exame oftalmologico

Vagas de Oftalmologia

Como já citamos por aqui, o mercado de Oftalmologia é muito amplo e cheio de oportunidades. Afinal, estamos falando de uma especialidade médica que trata um dos mais importantes sentidos do ser humano.

E se você está em busca de uma nova oportunidade dentro dessa área, mas não sabe onde encontrar, a Sinaxys pode te ajudar nisso!

A Sinaxys é uma rede de network profissional que reúne inúmeras vagas para médicos de diferentes especialidades, incluindo a Oftalmologia.

Em nosso site, você pode achar vagas em estados do Sudeste e Sul do Brasil (Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina).

E tem mais! Se você quer dar aquele upgrade na carreira, o nosso blog tem dicas perfeitas para isso, além de te mostrar as inovações, tendências e trazer informações importantes sobre o mercado da saúde.

Conclusão

oftalmologia eswcolhendo oculos

A oftalmologia é uma das que possui mais profissionais em atuação no país, cuidando de um dos principais sentidos: os olhos.

Porém, este profissional precisa lidar com muitos desafios, incluindo, o receio das pessoas em relação às consultas e exames, que causam adiamentos e podem agravar doenças oculares.

No entanto, esta carreira é promissora, com diferentes campos de atuação e boas remunerações. Contudo, assim como em qualquer área médica, os estudos são árduos e os estudantes que querem se especializar em oftalmologia precisam de muita dedicação.

Para saber mais sobre a carreira médica, acesse nosso blog.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere, profissional da saúde!

Baixe o app da SINAXYS gratuitamente

medico sinaxys

Encontre as melhores vagas de emprego na área da saúde.

medico sinaxys

Encontre vagas de emprego na área da saúde.